Exportar registro bibliográfico

Avaliação dos efeitos da dexametasona sobre a incidência de disfunção cognitiva pós-operatória em idosos submetidos à anestesia geral (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: VALENTIN, LIVIA STOCCO SANCHES - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MCG
  • Subjects: TESTES PSICOLÓGICOS; ANESTESIA GERAL; IDOSOS; COMPLICAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS; TRANSTORNOS COGNITIVOS; INFLAMAÇÃO; ANTI-INFLAMATÓRIOS
  • Keywords: Anestesia geral; Dexametasona; Dexamethasone; Elderly patients; General anesthesia; Idosos; Neuropsychological tests; Testes neuropsicológicos
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: Disfunção cognitiva pós-operatória (POCD) é um evento adverso multifatorial mais frequente em pessoas com idade superior a 60 anos ou doenças neurológicas e psiquiátricas. Este estudo avaliou o efeito da dexametasona sobre a incidência de POCD em idosos após cirurgia não cardíaca sob anestesia geral. Métodos: Cento e quarenta pacientes (ASA I-II, idade 60-87 anos) participaram deste estudo prospectivo, randomizado, envolvendo a administração ou não de 8 mg de dexametasona IV antes da indução anestésica para anestesia geral profunda ou superficial de acordo com o índice bispectral. Os testes neuropsicológicos foram aplicados no pré-operatório e em 3, 7, 21, 90 e 180 dias após a cirurgia e comparados com os dados normativos. Enolase específica do neurônio e S100beta foram avaliados antes e 12 horas após a indução da anestesia. A regressão linear com inferência baseada no método de equações de estimação generalizadas (GEE) foi aplicado, seguido pelo teste post-hoc de Bonferroni, considerando P <0,05 como significativo. Resultados: No terceiro dia pós-operatório, POCD foi diagnosticada em 25,2% dos pacientes que receberam a dose de dexametasona e anestesia profunda, 15,3% nos pacientes que receberam a dose da dexametasona e anestesia superficial, 68,2% do grupo de anestesia profunda e 27,2% do grupo de anestesia superficial (p < 0,0001). Os testes neuropsicológicos demonstraram que a anestesia superficial e a dose de dexametasona antes da indução anestésica diminuiu a incidência de POCD, especialmente para as funções memória e atenção e para a função executiva.A administração de dexametasona preveniu o aumento nos níveis séricos de S100beta no pós-operatório (p < 0,002) bem como está relacionado com uma diminuição significativa nos níveis séricos de enolase específica de neurônio (NSE) (p < 0,001). A memória imediata apresentou diferença entre pacientes com e sem alelo APOe4 (p = 0,025) independente do momento de avaliação. A memória de longo prazo apresentou alteração ao longo dos momentos de avaliação em pacientes com e sem a presença do APOe4 (p = 0,006 e p = 0,017 respectivamente). Pacientes com o alelo APOe4 apresentaram maior percentual de disfunção para memória imediata que os pacientes sem o alelo (p = 0,003). Os pacientes sem o alelo APOe4 apresentaram redução de disfunção para o processo de flexibilidade mental após 180 dias quando comparado aos demais momentos (p < 0,05) e os pacientes com a presença do alelo não apresentaram qualquer alteração estatisticamente significativa (p > 0,999), sendo que após 180 dias os pacientes com o alelo APOe4 apresentaram alteração na função executiva para a flexibilidade mental quando comparados aos pacientes sem o alelo (p < 0,001). Conclusão: A dexametasona pode minimizar a incidência de POCD em pacientes idosos submetidos a cirurgia não cardíaca, especialmente quando associada à anestesia superficial. Efeito da dexametasona sobre os níveis séricos S100beta e NSE pode estar relacionado com algum grau de neuroproteção
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.01.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VALENTIN, Livia Stocco Sanches; CARMONA, Maria Jose Carvalho. Avaliação dos efeitos da dexametasona sobre a incidência de disfunção cognitiva pós-operatória em idosos submetidos à anestesia geral. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5152/tde-16032015-152134/ >.
    • APA

      Valentin, L. S. S., & Carmona, M. J. C. (2014). Avaliação dos efeitos da dexametasona sobre a incidência de disfunção cognitiva pós-operatória em idosos submetidos à anestesia geral. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5152/tde-16032015-152134/
    • NLM

      Valentin LSS, Carmona MJC. Avaliação dos efeitos da dexametasona sobre a incidência de disfunção cognitiva pós-operatória em idosos submetidos à anestesia geral [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5152/tde-16032015-152134/
    • Vancouver

      Valentin LSS, Carmona MJC. Avaliação dos efeitos da dexametasona sobre a incidência de disfunção cognitiva pós-operatória em idosos submetidos à anestesia geral [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5152/tde-16032015-152134/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021