Exportar registro bibliográfico

Mulher climatérica e doença arterial coronariana: desvelando sentidos e significados (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA, LISCIA DIVANA CARVALHO - EERP
  • Unidade: EERP
  • Sigla do Departamento: ERM
  • Subjects: CLIMATÉRIO; MENOPAUSA; CORONARIOPATIA
  • Keywords: Climacteric; Coronary disease; Doença das coronárias; Meaning; Menopause; Significado
  • Language: Português
  • Abstract: Esta pesquisa de abordagem quali-quantitativa objetivou compreender o significado atribuído pelas mulheres climatéricas à doença arterial coronariana (DAC), analisando a relação que elas estabelecem na vivência com tais episódios (climatério e DAC). O referencial teórico-metodológico utilizado na análise da pesquisa foi o interacionismo simbólico, respaldado no método de análise de conteúdo. Na fase quantitativa, utilizou- se como instrumento de coleta de dados a Escala de Avaliação da Menopausa (MRS) com quarenta (40) mulheres; dessas 40 mulheres participaram da fase qualitativa, a técnica de grupos focais, vinte e cinco (25) mulheres. A pesquisa foi realizada no Ambulatório de Cardiologia do Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão. A idade média das mulheres foi de 58 anos, menopausa aos 45 anos; a maioria com baixa escolaridade, exercia atividades do lar; somente uma (01) fora usuária de terapia hormonal. Os sintomas mais frequentes relatados foram: ansiedade, mal estar no coração, irritabilidade, problemas musculares e nas articulações. Os sintomas mais intensos, entretanto, foram os problemas musculares e nas articulações, ansiedade, mal estar no coração, esgotamento físico e mental. Ao referirem o significado do climatério e menopausa, as mulheres não conseguiram definir claramente o climatério, pois associavam-no ao envelhecimento e às doenças. O significado da DAC é descrito como uma manifestação grave e incurável, de caráter multifatorial, com intensos sintomas, sentimentos e emoções como taquicardia, palpitação, cansaço, dor, incapacidade, dependência, inutilidade, impotência, tristeza, humilhação e medo, os quais provocavam modificações no cotidiano de suas vidas, levando à incapacidade física para executar atividades domésticas e do trabalho, o que as definia como sendo doentes. Na perspectiva das mulheres, o climatério é umimportante marcador de mudança de estado de saúde, ou seja, um período permeado de mal-estar e de forte inclinação para se considerarem como enfermas (enfermidade). No entanto, somente a partir do diagnóstico da DAC, elas assumem o papel de doente
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.08.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Liscia Divana Carvalho; MAMEDE, Marli Villela. Mulher climatérica e doença arterial coronariana: desvelando sentidos e significados. 2014.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-06022015-175727/ >.
    • APA

      Silva, L. D. C., & Mamede, M. V. (2014). Mulher climatérica e doença arterial coronariana: desvelando sentidos e significados. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-06022015-175727/
    • NLM

      Silva LDC, Mamede MV. Mulher climatérica e doença arterial coronariana: desvelando sentidos e significados [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-06022015-175727/
    • Vancouver

      Silva LDC, Mamede MV. Mulher climatérica e doença arterial coronariana: desvelando sentidos e significados [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-06022015-175727/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021