Exportar registro bibliográfico

Cistocintilografia direta cíclica no diagnóstico e caracterização do refluxo vesicoureteral em crianças e adultos (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: JOAQUIM, ADRIANA IOZZI - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MCG
  • Subjects: CINTILOGRAFIA (DIAGNÓSTICO); TRATO URINÁRIO (FISIOPATOLOGIA); DIAGNÓSTICO; ADULTOS; CRIANÇAS
  • Keywords: Adult; Adulto; Child; Cintilografia; Criança; Diagnosis; Diagnóstico; Refluxo vesicoureteral; Scintigraphy; Vesicoureteral reflux
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: Os benefícios da cistocintilografia direta (CD) cíclica no diagnóstico de refluxo vesicoureteral (RVU) são pouco estudados. O objetivo deste estudo foi investigar a influência da CD cíclica em crianças e adultos, além da avaliação da classificação e lateralidade do refluxo, o tempo de duração total do exame e de cada ciclo, e a ocorrência de refluxo nas fases de enchimento e/ou micção. Métodos: Foram estudados 362 exames em pacientes com idade de 15,8 ± 17,2 anos (2 meses a 76,4 anos), sendo 89,5% do gênero feminino. Os exames foram divididos em três grupos: crianças até cinco anos (A), crianças maiores de cinco e até 14 anos (B), e maiores de 14 anos (C). Resultados: A distribuição da quantidade de ciclos na CD indicou maior ocorrência de 2 ciclos (37,6%) e 3 ciclos (56,6%). O RVU foi diagnosticado em 21% dos exames desde o primeiro ciclo, em 5,5% no 2º ciclo, e, em 2,5% apenas no 3º ciclo. Em nenhum exame o 4º, 5º ou 6º ciclos permitiram diagnóstico adicional de RVU. A maioria dos exames com RVU correspondeu ao grau II. O refluxo ocorreu apenas na fase de enchimento em 10%, na fase de micção em 27% e em ambas as fases, em 63% dos exames. Houve maior ocorrência de refluxo nos grupos A e B do que no C, desde o 1º ciclo. O segundo ciclo foi igualmente eficaz no diagnóstico de RVU nos três grupos. No grupo A, a realização do terceiro ciclo foi mais eficaz, quando comparado aos demais grupos. Não houve diferenças significantes quanto à lateralidade do refluxo.Conclusão: No grupo A, observou-se menor tempo de duração dos exames embora com maior quantidade de ciclos e maior eficácia diagnóstica quanto à realização de terceiro ciclo. A adição de segundo ciclo foi útil no diagnóstico do RVU nos grupos A e B, assim como a ocorrência de RVU foi maior nessa faixa etária, quando comparado a adultos. No grupo C, observou-se eficácia semelhante aos demais grupos quanto à realização de segundo ciclo de enchimento e micção, entretanto não houve benefício com a adição
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.12.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      JOAQUIM, Adriana Iozzi; BURDMANN, Emmanuel de Almeida. Cistocintilografia direta cíclica no diagnóstico e caracterização do refluxo vesicoureteral em crianças e adultos. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5148/tde-24022015-150238/ >.
    • APA

      Joaquim, A. I., & Burdmann, E. de A. (2014). Cistocintilografia direta cíclica no diagnóstico e caracterização do refluxo vesicoureteral em crianças e adultos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5148/tde-24022015-150238/
    • NLM

      Joaquim AI, Burdmann E de A. Cistocintilografia direta cíclica no diagnóstico e caracterização do refluxo vesicoureteral em crianças e adultos [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5148/tde-24022015-150238/
    • Vancouver

      Joaquim AI, Burdmann E de A. Cistocintilografia direta cíclica no diagnóstico e caracterização do refluxo vesicoureteral em crianças e adultos [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5148/tde-24022015-150238/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021