Exportar registro bibliográfico

Efeitos do estradiol sobre as respostas neuroendócrinas que aluam na manutenção da homeostase hidroeletrolítica após a privação hídrica (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: FRANCO, TATIANE VILHENA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RFI
  • Subjects: ESTRADIOL; NEUROENDOCRINOLOGIA; PRIVAÇÃO DE ÁGUA
  • Language: Português
  • Abstract: A privação hídrica recruta diversos sistemas que aluam na manutenção da homeostase hidroeletrolítica, como indução de sede, ativação do sistema renina-angiotensina (SRA) e a secreção dos hormônios vasopressina (AVP) e ocitocina (OT). Evidências sugerem que essas respostas possam ser moduladas pelo estradiol, uma vez que seu receptor é expresso em áreas cerebrais que participam da regulação do balanço de líquidos corporais, como os órgãos circunventriculares (OCVs) e os núcleos paraventricular (NPV) e supraóptico (NSO). Diante deste contexto, este estudo teve como objetivo investigar os efeitos do tratamento com estradiol sobre alterações comportamentais e neuroendócrinas induzidas pela privação hídrica Os dados obtidas demonstram que em animais tratados somente com veículo (óleo de milho, 0,1 mL/rata), a privação hídrica de 24h induziu uma redução no volume urinário e um aumento na ingestão de água, na osmolalidade urinaria, na osmolalidade plasmática, no sódio plasmático e no hematócrito. O pré-tratamento com estradiol (40 µg/Kg s.c.) não alterou o volume e a osmolalidade urinários, porém induziu uma redução na ingestão de água e nos parâmetros plasmáticos (sódio, osmolalidade e hematócrito) avaliados. Com relação à secreção hormonal induzida pela privação hídrica, verificou-se um aumento nas concentrações plasmáticas de AVP, OT, angiotensina II (ANG II) e corticosterona, porém nenhuma alteração foi observada na secreção do peptídio natriurético atrial (ANP). O pré-tratamento com estradiol induziu um aumento na concentração plasmática de ANP em condições basais. Em resposta à privação hídrica o tratamento com estradiol potencializou a concentração plasmática de AVP, induziu uma redução na secreção de corticosterona, porém não alterou a concentração plasmática de OT e ANG II. Verificou-se ainda que a privação hídricainduziu um aumento na expressão da proteína Fos no núcleo pré-óptico mediano (MnPO) e no órgão subfornicial (SFO) e nas duplas marcações Fos-AVP e Fos-OT no NSO e nas porções do NPV avaliadas. O pré-tratamento com estradiol potencializou a ativação neuronal vasopressinérgica no NSO e na porção lateral magnocelular do NPV (PaLM), porém não induziu alteração adicional na ativação neuronal no MnPO e SFO, bem como nas duplas marcações Fos-OT no NSO e NPV. Similarmente à secreção hormonal e à ativação neuronal, a expressão de RNA mensageiro (RNAm) da AVP foi significativamente elevada pela privação hídrica no NSO e NPV. Um efeito similar da privação hídrica também foi observado para a expressão do RNAm dos componentes do SRA no NVP. Por outro lado, a privação hídrica não alterou a expressão do RNAm de OT no NSO e NPV e de CRH no NPV. Em resposta à privação hídrica, o tratamento com estradiol promoveu uma redução significativa na expressão do RNAm para CRH no NPV, porém não induziu alteração adicional na expressão do RNAm da AVP no NSO e NPV e dos componentes do SRA no NPV nessa condição experimental. Embora o tratamento com estradiol não tenha alterado a secreção hormonal e ativação neuronal ocitocinérgica, este induziu um aumento na expressão do RNAm da OT no NSO e NPV independente do estado de hidratação. Em conclusão, nossos resultados sugerem que o estradiol não altera a secreção de OT, ANP e ANG II em resposta à privação hídrica, porém potencializa a ativação neuronal vasopressinérgica e a secreção de AVP, hormônio que tem ação importante em determinar as respostas renais adequadas à manutenção do balanço de líquidos no organismo em resposta à privação hídrica Palavras-chave: Estradiol, privação hídrica, hipotálamo, vasopressina, ocitocina, angiotensina, peptídeo natriurético atrial
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 25.07.2014

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FRANCO, Tatiane Vilhena; RODRIGUES , José Antunes. Efeitos do estradiol sobre as respostas neuroendócrinas que aluam na manutenção da homeostase hidroeletrolítica após a privação hídrica. 2014.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2014.
    • APA

      Franco, T. V., & Rodrigues , J. A. (2014). Efeitos do estradiol sobre as respostas neuroendócrinas que aluam na manutenção da homeostase hidroeletrolítica após a privação hídrica. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Franco TV, Rodrigues JA. Efeitos do estradiol sobre as respostas neuroendócrinas que aluam na manutenção da homeostase hidroeletrolítica após a privação hídrica. 2014 ;
    • Vancouver

      Franco TV, Rodrigues JA. Efeitos do estradiol sobre as respostas neuroendócrinas que aluam na manutenção da homeostase hidroeletrolítica após a privação hídrica. 2014 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021