Exportar registro bibliográfico

Elastografia hepática em pacientes com carcinoma hepatocelular em triagem para transplante de fígado (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: NACIF, LUCAS SOUTO - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MGT
  • Subjects: NEOPLASIAS HEPÁTICAS; TRANSPLANTE DE FÍGADO; TÉCNICAS DE DIAGNÓSTICO E PROCEDIMENTOS; CARCINOMA
  • Keywords: Carcinoma hepatocelular; Elastografia; Elastography; End stage liver disease; Estágio final de doença hepática; Hepatocellular carcinoma; Liver transplantation; Transplante de fígado
  • Language: Português
  • Abstract: INTRODUÇÃO: A cirrose é a oitava causa de mortalidade no mundo, e sua progressão e estadiamento são de extrema importância nos pacientes com doença terminal do fígado. A presença de cirrose é reconhecida como risco aumentado de carcinoma hepatocelular (CHC) e o seu aparecimento está diretamente relacionado ao grau de fibrose do fígado. Na última década, notou-se o desenvolvimento e aperfeiçoamento dos métodos de predição do grau de fibrose e cirrose, através de métodos não-invasivos, com o objetivo de substituir a biópsia hepática. A população em lista de espera para transplante de fígado apresenta graus diferentes de fibrose hepática, que pode não estar diretamente relacionada ao MELD. Além disso, esses pacientes apresentam CHC no momento da triagem para transplante de fígado. Não existe avaliação desta população por elastografia. OBJETIVO: O objetivo deste trabalho foi avaliar os pacientes em triagem para transplante de fígado, com e sem carcinoma hepatocelular, pela elastografia hepática com Fibroscan® e ARFI. MÉTODO: Foram estudados 103 pacientes adultos do ambulatório de triagem da Disciplina de Transplante de Órgãos do Aparelho Digestivo HC/FMUSP, no período de outubro de 2012 à dezembro de 2013. A amostragem foi por conveniência e foram avaliados dados clínicos, epidemiográficos, laboratoriais, imagem, elastográficos e o desfecho. Análise de elastografia transitória (ET) foi feita pelo Fibroscan® TM (Echosens, França) e força impulso por radiação acústica (ARFI)(Siemens Acuson S2000, Alemanha) nos grupos com e sem CHC comprovados de acordo com orientação de diagnóstico pelas diretrizes européias (EASL) e americanas (AASLD). Para a análise estatística foi realizado o teste de Mann-Whitney, teste não paramétrico aplicado para duas amostras independentes; o teste de Fisher e o método ANOVA através do teste de Kruskal-Wallis ou teste de Tukey para comparações múltiplas. Foi realizado também a curva ROC para avaliação dos testes diagnósticos e ponto de corte. O valor considerado de p significativo foi <0,05.RESULTADOS: Entre os pacientes avaliados, a maioria foi de homens (68%), com idade média de 53+- 11,5anos. A etiologia mais comum foi o vírus da hepatite C (VHC) em34,9%. A classificação pelo escore Child-Turcotte-PUGH (CTP) mostrou: pacientes classe A em 38,4%, classe B em 47,2% e classe C em 14,2%. Ovalor do MELD médio dos pacientes foi de 14,75 (+-6,45) e a mediana de 14 (variando, 6 - 32). Na população estudada de 103 pacientes a ET (Fibroscan®) foi realizada com sucesso em 75 de 103 pacientes e ARFI em 78 de 78 pacientes. a etiologia VHC e elevados valores de alfa-feto proteína foram fatores de risco para a presença de CHC. Os valores de MELD mais elevados foram significativos nos pacientes que evoluíram a óbito. A curva ROC mostrou respectivamente sensibilidade e especificidade para a AFP de 50% e 86% (valor de corte 9 kPa) 92% e 17%; e ARFI 21% e 92% (valor de corte 2,56m/s). O valor médio da ET nos pacientes com CHC foi de 30,4 +- 21,0 kPa, do ARFI do parênquima hepático foi de 1,97 +- 0,64 e ARFI do nódulo hepático foi de 1,89 +- 0,74. CONCLUSão: Os pacientes em triagem para transplante de fígado com carcinoma hepatocelular apresentam valores elevados de elastografia tanto pelo Fiboscan® quanto pelo ARFI®. A elastografia apresenta-se como uma importante ferramenta não invasiva para o acompanhamento de cirróticos graves podendo ajudar no manejo do carcinoma hepatocelular
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.12.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NACIF, Lucas Souto; ANDRAUS, Wellington; VEZOZZO, Denise Cerqueira Paranagua. Elastografia hepática em pacientes com carcinoma hepatocelular em triagem para transplante de fígado. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5168/tde-24022015-105747/ >.
    • APA

      Nacif, L. S., Andraus, W., & Vezozzo, D. C. P. (2014). Elastografia hepática em pacientes com carcinoma hepatocelular em triagem para transplante de fígado. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5168/tde-24022015-105747/
    • NLM

      Nacif LS, Andraus W, Vezozzo DCP. Elastografia hepática em pacientes com carcinoma hepatocelular em triagem para transplante de fígado [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5168/tde-24022015-105747/
    • Vancouver

      Nacif LS, Andraus W, Vezozzo DCP. Elastografia hepática em pacientes com carcinoma hepatocelular em triagem para transplante de fígado [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5168/tde-24022015-105747/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021