Exportar registro bibliográfico

Contribuição ao entendimento do efeito de agente coloidisante no processo de pelotização de concentrado de minério de ferro (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MORAES, SANDRA LUCIA DE - EP
  • Unidades: EP
  • Sigla do Departamento: PMI
  • Subjects: PROCESSAMENTO DE MINERAIS METÁLICOS; AGLOMERAÇÃO DE MINERAIS; FERRO
  • Language: Português
  • Abstract: O uso de aglomerantes na pelotização a quente de minério de ferro visa cumprir duas funções: (1) aumentar a resistência da pelota antes do aquecimento (resistência verde); (2) evitar o colapso das pelotas durante a “queima”, quando a expulsão dos gases gerados pela vaporização de água tende a destruir a pelota. A bentonita é o aglomerante mais empregado industrialmente, e seu mecanismo de ligação no processo de ganho de resistência da pelota já foi amplamente estudado e compreendido. Várias tentativas de substituição da bentonita na pelotização de minério de ferro recorrem ao uso de aglomerantes orgânicos cuja composição apresente propriedades aglomerantes com dispersantes. O presente trabalho objetivou avaliar a influência dos agentes coloidisantes em comparação aos aglomerantes Peridur® e bentonita no processo de pelotização de concentrado de minério de ferro visando o entendimento da ação destes agentes nos mecanismos de aglomeração das pelotas. Para esse fim, foram realizados ensaios de bancada visando a identificação de possíveis ações dos aglomerantes/dispersantes na viscosidade, potencial zeta e grau de dispersão das misturas, bem como a sua influência na geração/aglomeração dos finos. Os resultados desses parâmetros foram confrontados com os resultados de caracterização das pelotas confeccionadas com os diferentes aglomerantes/dispersantes pelos quais foi possível identificar que os dispersantes tem forte atuação sobre o conteúdo de finos do concentrado de minério de ferro. A ação principal se dá pela remoção das partículas ultrafinas que recobrem os grãos mais grosseiros presentes na amostra e as dispersam, no caso dos dispersantes, aumentando a disponibilidade do conteúdo de finos <4 µm, principalmente os finos menores que 1 µm (coloides) .No caso do aglomerante orgânico, observa-se também essa ação, no entanto, os finos presentes são aglomerados na faixa entre 26 e 4 µm.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.11.2014
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MORAES, Sandra Lúcia de; LIMA, José Renato Baptista de. Contribuição ao entendimento do efeito de agente coloidisante no processo de pelotização de concentrado de minério de ferro. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3134/tde-13082015-104303/pt-br.php >.
    • APA

      Moraes, S. L. de, & Lima, J. R. B. de. (2014). Contribuição ao entendimento do efeito de agente coloidisante no processo de pelotização de concentrado de minério de ferro. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3134/tde-13082015-104303/pt-br.php
    • NLM

      Moraes SL de, Lima JRB de. Contribuição ao entendimento do efeito de agente coloidisante no processo de pelotização de concentrado de minério de ferro [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3134/tde-13082015-104303/pt-br.php
    • Vancouver

      Moraes SL de, Lima JRB de. Contribuição ao entendimento do efeito de agente coloidisante no processo de pelotização de concentrado de minério de ferro [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3134/tde-13082015-104303/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020