Exportar registro bibliográfico

Comparação entre duas técnicas cirúrgicas para correção intra-uterina de meningomielocele em feto de ovelha (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: HERRERA, SILVIA REJANE FONTOURA - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MPT
  • Subjects: COLUNA VERTEBRAL (PATOLOGIA;TRATAMENTO;CIRURGIA); DISRAFISMO ESPINHAL; FETO (ANORMALIDADES;CIRURGIA); OVINOS
  • Keywords: Disrafismo espinal; Fetal therapies; Fetoscopia; Fetoscopy; Meningomyelocele; Meningonielocele; Ovinos; Sheep; Spinal disraphism; Terapias fetais
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A incidência de defeitos do tubo neural é de cerca de 1/1000 nascimentos. Na mielomenngocele, o tratamento intra-uterino utilizando a técnica neurocirúrgica clássica, apresenta melhor prognóstico neurológico, do que o tratamento pós natal, mas está associado a complicações maternas e fetais. Novas técnicas de correção estão sendo estudadas para diminuir a morbidade materna e fetal. Objetivo: Comparar os efeitos sobre a medula de duas técnicas cirúrgicas de correção intra-uterina de um defeito semelhante à mielomeningocele , em fetos de ovelha. Métodos: Em 15 fetos foi criado um defeito semelhante à mielomeningocele (laminectomia e excisão de dura-máter) no 90° dia de gestação. O tipo de correção foi randomizado. No grupo 1, o defeito foi corrigido usando a técnica neurocirúrgica clássica, com a sutura de três camadas (dura-máter, músculo e pele), realizada por um neurocirurgião. No grupo 2, um especialista em Medicina Fetal, utilizou uma técnica simplificada, colocando um fragmento de celulose Biosintética sobre a medula e suturando apenas a pele sobre a celulose. Próximo ao termo da gestação (132° dias), os fetos foram sacrificados para análise anatomopatológica. Resultados: Ocorreram 1 morte materna, 3 casos de trabalho de parto precoce e 4 tardios. Um total de 10 casos foram viáveis para avaliação anatomopatológica 10 casos, 6 no grupo 1 e 4 no grupo 2. No grupo 1, todos os casos mostraram aderência da medula à cicatriz (meningoadesão) e perda da arquitetura medular por destruição do funículo posterior e 5 de 6 casosapresentaram perda da visualização da substância cinzenta. No grupo 2, observamos em todos os casos, a formação de uma neoduramater, separando o tecido nervoso do músculo adjacente, sendo que o funículo posterior e a substância cinzenta estavam preservados. Conclusão: A técnica simplificada foi superior à técnica neurocirúrgica, com maior preservação da medula e evitando as aderências do tecido nervoso. Nossos achados sugerem que a técnica utilizada atualmente na correção de mielomeningocele em fetos humanos deva ser reavaliada
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.10.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      HERRERA, Silvia Rejane Fontoura; PEDREIRA, Denise Araujo Lapa. Comparação entre duas técnicas cirúrgicas para correção intra-uterina de meningomielocele em feto de ovelha. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5144/tde-09012015-160615/ >.
    • APA

      Herrera, S. R. F., & Pedreira, D. A. L. (2014). Comparação entre duas técnicas cirúrgicas para correção intra-uterina de meningomielocele em feto de ovelha. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5144/tde-09012015-160615/
    • NLM

      Herrera SRF, Pedreira DAL. Comparação entre duas técnicas cirúrgicas para correção intra-uterina de meningomielocele em feto de ovelha [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5144/tde-09012015-160615/
    • Vancouver

      Herrera SRF, Pedreira DAL. Comparação entre duas técnicas cirúrgicas para correção intra-uterina de meningomielocele em feto de ovelha [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5144/tde-09012015-160615/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021