Exportar registro bibliográfico

Oxidação dos herbicidas Diuron e Alaclor através de processos eletroquímicos oxidativos avançados utilizando ânodos: Ti/IrO2, Ti/RuO2, Pt e BDD (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: PIPI, ANGELO RICARDO FÁVARO - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 593
  • Subjects: HERBICIDAS; ELETROQUÍMICA; TRATAMENTO DE ÁGUA
  • Keywords: Ânodos dimensionalmente estáveis; Processos eletroquímicos oxidativos avançado; Dimensionally stable anodes; Electrochemical advanced oxidation processes; Herbicides; Treatment of water
  • Language: Português
  • Abstract: A degradação do herbicida Diuron comercial (Nortox SA) foi realizada utilizando os anodos Ti/“Ru IND. x”“Ti IND. (1-x)”“O IND. 2” e Ti/“Ir IND. x” “Ti IND. (1-x)”“O IND. 2” (x = 0,3; 0,5 e 0,7). A investigação da degradação foi conduzida na presença e na ausência de cloreto. O estudo da remoção do herbicida em função da densidade de corrente na ausência de cloreto rendeu remoções de 41 e 49% de demanda química de oxigénio (DQO) e remoções de 10 e 14% de carbono orgânico total (COT) a 100 mA “cm POT. -2”, respectivamente. Mantendo-se o tempo de eletrólise constante (4 h), a composição do anodo Ti/“Ru IND. 0,7”“Ti IND. 0,3”“O IND. 2” foi determinada como a mais ativa para remoção do Diuron e seus subprodutos. Com a adição de cloreto, a taxa de degradação dobrou, e obteve-se 100% de remoção de DQO para o anodo Ti/“Ru IND. 0,3”“Ti IND. 0,7”“O IND. 2”. O herbicida Alaclor foi totalmente mineralizado por diferentes processos eletroquímicos oxidativos avançados (PEOAs), empregando célula eletroquímica em escala de bancada (100 m L) equipada com cátodo de difusão de ar capaz de eletrogerar “H IND.2”“O IND. 2” e anodos de Pt e diamante dopado com boro (BDD). O melhor desempenho para o tratamento de 100 mL de solução Alaclor 0,60 mmol “L POT.-1” durante 360 min, foi obtido por meio do processo fotoeletro-Fenton (FEF) empregando anodo de BDD na presença de 0,5 mmol “L POT. -1” de “Fe POT. 2+”. De acordo com as análises de CG-MS, a etapa de degradação do Alaclor envolveu quatro vias diferentes de reação (desalquilação, ciclização, cisão da ligação R-N e hidroxilação), resultando em nove subprodutos que, em seguida, levaram ao surgimento de ácidos carboxílicos que foram detectados. Diferentes quantidades de tons nitrogenados (“N“H IND.4” POT. +” e “N“O IND.3” POT. +”) e clorados(“Cl POT. -”, “Cl“O IND. 3” POT. -” e “Cl “O IND. 4” POT. -”) foram acumulado s nas soluções finais da degradação , dependendo do anodo e da corrente aplicada. O herbicida Diuron (0,185 mmol “L POT –1” e pH 3,0), foi tratado também por diferentes PEOAs, como oxidação anódica com “H IND.2”“O IND. 2” eletrogerado (OA-“H IND.2”“O IND. 2” ), eletro-Fenton (EF) e fotoeletro-Fenton empregando luz UVA (FEF) ou FEF empregando luz solar (FEFS). Os ensaios foram realizados em uma célula eletroquímica em escala de bancada (100 mL) e em seguida testes em uma planta pré-piloto (2,5 L). Nos experimentas com célula eletroquímica em escala de bancada, o tratamento FEF empregando anodo de BDD foi o método mais potente, produzindo 93% de mineralização após 360 min a 100 mA “cm POT. -2”. Na planta de fluxo pré-piloto, o processo FEFS atingiu uma porcentagem de mineralização máxima de 70% a 100 mA “cm POT. -2”. Os ácidos oxálico e oxâmico foram detectados como os ácidos carboxílicos finais e íons amônio e cloreto também foram encontrados, onde o último íon foi parcialmente convertido em íons clorato e perclorato na superfície do anodo de BDD
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.06.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PIPI, Angelo Ricardo Fávaro; ANDRADE, Adalgisa Rodrigues de. Oxidação dos herbicidas Diuron e Alaclor através de processos eletroquímicos oxidativos avançados utilizando ânodos: Ti/IrO2, Ti/RuO2, Pt e BDD. 2014.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59138/tde-04072014-110134/ >.
    • APA

      Pipi, A. R. F., & Andrade, A. R. de. (2014). Oxidação dos herbicidas Diuron e Alaclor através de processos eletroquímicos oxidativos avançados utilizando ânodos: Ti/IrO2, Ti/RuO2, Pt e BDD. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59138/tde-04072014-110134/
    • NLM

      Pipi ARF, Andrade AR de. Oxidação dos herbicidas Diuron e Alaclor através de processos eletroquímicos oxidativos avançados utilizando ânodos: Ti/IrO2, Ti/RuO2, Pt e BDD [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59138/tde-04072014-110134/
    • Vancouver

      Pipi ARF, Andrade AR de. Oxidação dos herbicidas Diuron e Alaclor através de processos eletroquímicos oxidativos avançados utilizando ânodos: Ti/IrO2, Ti/RuO2, Pt e BDD [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59138/tde-04072014-110134/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020