Exportar registro bibliográfico

Avaliação do potencial da associação de dendrímeros e iontoforese para a administração ocular de fármacos (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: SOUZA, JOEL GONÇALVES DE - FCFRP
  • Unidade: FCFRP
  • Sigla do Departamento: 602
  • Subjects: IONTOFORESE; FÁRMACOS (ADMINISTRAÇÃO); CÓRNEA; MICROSCOPIA CONFOCAL; ANTI-INFLAMATÓRIOS
  • Keywords: confocal microscopy; cornea; dendrímero PAMAM; iontoforese; administração ocular tópica; dexametasona; dexamethasone; PAMAM dendrimer; iontophoresis; topical ocular administration
  • Language: Português
  • Abstract: A administração tópica de colírios é a maneira mais conveniente de se tratar doenças oculares. O grande desafio para a tecnologia farmacêutica é garantir que o fármaco administrado nessa forma farmacêutica chegue ao local de ação em concentrações adequadas, com efeitos adversos reduzidos, tempo de ação prolongado e dose única. Para tanto, o desenvolvimento de sistemas de liberação e de estratégias adequadas de administração tornam-se necessários. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da iontoforese na penetração ocular de dendrímeros de poliamidoamina (PAMAM) de geração 4, com diferentes grupos superficiais (PAMAM G4, catiônico e PAMAM G3.5, aniônico), preparar complexos desses dendrímeros com um anti-inflamatório modelo, a dexametasona (Dexa), e avaliar a influência da associação de dendrímeros e iontoforese na penetração corneal da Dexa em modelos ex vivo e in vivo. Complexos Dexa-PAMAM foram obtidos e caracterizados por espectroscopia de infravermelho e ressonância magnética nuclear (H1-RMN, 13C-RMN e DOSY), espalhamento dinâmico de luz e espectroscopia UV/vis para avaliar a formação dos complexos, seu tamanho e potencial zeta, além de alterações na solubilidade da Dexa. A velocidade de liberação da Dexa dos complexos foi verificada por estudos de liberação in vitro utilizando membrana sintética. A penetração e distribuição dos PAMAMs na córnea e sua influência na penetração da Dexa foi avaliada ex vivo utilizando córnea de porco, microscopia confocal de varredura a laser (MCVL) e cromatografia de ultra performance aliada a um detector de massas para quantificação do fármaco permeado. A citotoxicidade dos PAMAMs foi avaliada em cultura de células epiteliais da retina e células epiteliais da córnea. Por fim, verificou-se in vivo a influência da iontoforese e dos PAMAMs sobre a quantidade de Dexa no humor aquoso de olhos decoelhos. Os estudos de caracterização indicaram que a Dexa foi incorporada aos PAMAMs e que esses complexos apresentaram cerca de 50 nm de tamanho médio pela técnica de NTA, com a presença de partículas pequenas e agregadas quando dispersos em meio fisiológico e potencial zeta de + 6,4 mV e -18,5 mV para Dexa-PAMAM G4 e Dexa-PAMAM G3.5, respectivamente. A solubilidade aparente da Dexa aumentou 3,9 e 10,3 vezes nos complexos com PAMAM G4 e PAMAM G3.5, respectivamente. O PAMAM G3.5 e PAMAM G4 diminuiram 82 e 1,7 vezes, respectivamente, o coeficiente de difusão da Dexa. Os estudos ex vivo indicaram que a iontoforese foi capaz de direcionar os dendrímeros para dentro da córnea, além de aumentar 2,9, 5,6 e 3,0 vezes a quantidade de Dexa permeada a partir das formulações que continham Dexa livre, Dexa-PAMAM G4 e Dexa-PAMAM G3.5, respectivamente. Aumentou também a quantidade de Dexa retida na córnea em aproximadamente 2 vezes para todas as formulações. Os experimentos de citotoxicidade evidenciaram a maior toxicidade do PAMAM G4 e sua dependência da concentração e tempo de incubação. Por fim, os experimentos in vivo mostraram que a iontoforese aumentou a concentração de Dexa no humor aquoso cerca de 2, 2,5 e 6,6 para a Dexa livre, Dexa-PAMAM G4 e Dexa-PAMAM G3.5, respectivamente. Portanto, a associação de dendrímeros PAMAM com a iontoforese representa uma estratégia promissora para a administração tópica direcionada e sustentada de fármacos na córnea
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.09.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SOUZA, Joel Gonçalves de; LOPEZ, Renata Fonseca Vianna. Avaliação do potencial da associação de dendrímeros e iontoforese para a administração ocular de fármacos. 2014.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60137/tde-30102014-113146/ >.
    • APA

      Souza, J. G. de, & Lopez, R. F. V. (2014). Avaliação do potencial da associação de dendrímeros e iontoforese para a administração ocular de fármacos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60137/tde-30102014-113146/
    • NLM

      Souza JG de, Lopez RFV. Avaliação do potencial da associação de dendrímeros e iontoforese para a administração ocular de fármacos [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60137/tde-30102014-113146/
    • Vancouver

      Souza JG de, Lopez RFV. Avaliação do potencial da associação de dendrímeros e iontoforese para a administração ocular de fármacos [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60137/tde-30102014-113146/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021