Exportar registro bibliográfico

Reputação: As interpretações dos sujeitos (organizacionais e coletivos) (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: OSHIRO, ANA LUCIA DE ALCANTARA - ECA
  • Unidade: ECA
  • Sigla do Departamento: CCA
  • Subjects: COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL; GESTÃO DA COMUNICAÇÃO; IMAGEM ORGANIZACIONAL; CAPITALISMO
  • Keywords: Capitalismo imaterial; cognitive capitalism in network; cognitivo em rede; Collective reputation; Gestão da Reputação; Immaterial; Integration Organizational Reputation; Organizational Communication; Reputação de coletivos; Reputação Organizacional Integradoora; Reputation management
  • Language: Português
  • Abstract: Reputação tornou-se, no contexto contemporâneo, um valor que norteia os discursos e as atitudes de organizações e indivíduos na contemporaneidade. Para as organizações capitalistas tornou-se um ativo de geração e manutenção do seu valor de capital numa ambiência cada vez mais orientada pela intangibilidade, imaterialidade e no entendimento das significações produzidas pelos variados sujeitos contemporâneos integrados pelas redes de relacionamento virtuais suportadas pelas Tecnologias de Informação e Comunicação-TICs. O grande objeto tranformador dessa realidade, a comunicação, tornou-a um instrumento de poder e validador de legitimidade, inclusão ou exclusão. Ela tornou-se processo, saindo de sua ação funcional para exercer àquela demandada pelas organizações: a de agente de interação, entendimento e do nível de porosidade interna do entendimento das significações e demandas do ambiente externo. A pesquisa conduzida neste estudo projeta reputação sob as interpretações e as essências surgidas das falas dos sujeitos gestores das organizações, das classes e daqueles em interação em ambiente virtual de uma rede colaborativa, comparadas à norma e ao discurso global do Reputation Institute. Buscou-se entendimento sob a ótica dos individuos gestores da Comunicação e da Comunicação bem como das classes que os representam. Procurou-se tambem entender como o termo se manifesta na contemporaneidade, a partir do levantamento dos estudos produzidos no Brasil e em quais campos eles maissão produzidos. Com relação aos sujeitos organizacionais foram considerados os da gestão da Comunicação Corporativa, da gestão de Marca e Comunicação Institucional e da gestão de Relação com Investidores do Itaú- Unibanco; o gestor de Marketing/Comunicação e do negócio da Lecom-Comunicação Digital; da Comunicação Corporativa da SAP Brasil; representantes da Abracom-Associação Brasileira das Agências de Comunicação, do Conrerp/Sudeste/Sul-Conselho Regional de Relações Publicas e do IBRI-Instituto Brasileiro de Relações com Investidores. Reputação se manifesta, na pesquisa, como norma. Ela apresenta indicadores para uma gestão diferenciada de reputação, a partir das essências dos sujeitos participantes. Como norma, reputação se mostra como instrumento que assegura o controle de comportamentos de forma a alinhar práticas e discursos e atitudes que garantam confiança e credibilidade de acionistas, investidores, publicos de relacionamento e da sociedade. Na integração de todos os sujeitos, o estudo mostrou que é possível a arquitetura de um modelo gestor de reputação integrador sustentado nas variaveis humanas, que leve à evolução de todos os sujeitos a partir dos valores e normas que permeiam cada agrupamento e a partir do qual gera confiança e pode tornar a organização referencial de construção de novos valores e padrões normativos integrados
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.05.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OSHIRO, Ana Lúcia de Alcântara; FREITAS, Sidinéia Gomes. Reputação: As interpretações dos sujeitos (organizacionais e coletivos). 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-24112014-103601/ >.
    • APA

      Oshiro, A. L. de A., & Freitas, S. G. (2014). Reputação: As interpretações dos sujeitos (organizacionais e coletivos). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-24112014-103601/
    • NLM

      Oshiro AL de A, Freitas SG. Reputação: As interpretações dos sujeitos (organizacionais e coletivos) [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-24112014-103601/
    • Vancouver

      Oshiro AL de A, Freitas SG. Reputação: As interpretações dos sujeitos (organizacionais e coletivos) [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-24112014-103601/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021