Exportar registro bibliográfico

Greenhouse gas emission on Brazilian beef production: from experimental data to farm-scale modeling (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MAZZETTO, ANDRÉ MANCEBO - CENA
  • Unidades: CENA
  • Subjects: AQUECIMENTO GLOBAL; FLUXO DOS GASES; MODELAGEM DE DADOS; MUDANÇA CLIMÁTICA; PECUÁRIA DE CORTE
  • Keywords: Fator de emissão; Gases do efeito estufa
  • Language: Inglês
  • Abstract: A emissão de gases do efeito estufa (GEE) é assunto intensamente debatido atualmente. Países com metas de redução na emissão destes gases têm desenvolvido estudos visando entender os processos e reduzir as emissões. A agropecuária é a principal fonte de emissão de GEE do Brasil. Entre os principais produtos da agropecuária brasileira está o gado de corte, manejado principalmente no sistema extensivo, onde os animais são abatidos em média aos três a quatro anos e a pastagem recebe pouco ou nenhum trato cultural. A quantificação e o monitoramento das emissões de GEE em sistemas agropecuários possibilitam a avaliação do grau de impacto sobre o ambiente. Nesta tese foram discutidas as principais fontes de emissão de gases na pecuária e as diretrizes necessárias na pesquisa para avaliar alternativas sustentáveis dos sistemas de produção da carne. Os principais resultados obtidos são os fatores de emissão para as condições tropicais de diversas fontes, como fezes (Capítulo 3) e urina (Capítulo 4) dos animais, assim como da aplicação de fertilizante e calcário a pasto (Capítulo 5). O clima mostrou-se como um fator chave no controle de GEE proveniente das fezes dos animais, principalmente metano (CH4). Os fatores de emissão para fezes bovinas obtidos foram de 0,03 e 0,08 kg CH4 cabeça-1 ano-1 (média), para os climas subtropical e tropical, respectivamente. O uso de um fator de emissão genérico para o Brasil não é a melhor opção, sendo necessários estudos em diferentes regiões paradeterminar o impacto do clima na emissão de GEE. O fator de emissão de N2O proveniente da urina foi de 0,25% do total de N aplicado (media), significativamente menor que o fator default recomendado pelo IPCC. O uso de inibidores de nitrificação nas condições tropicais não é recomendada, visto que estes não foram efetivos na redução da emissão de óxido nitroso (N2O) proveniente da urina dos animais. O uso de fertilizante nitrogenado levou a um aumento da emissão de N2O, porém, a produção de massa seca da forrageira também aumentou com a aplicação do fertilizante. O balanço entre produção de massa seca e emissão de N2O mostra que a aplicação de fertilizante nitrogenado pode contribuir significativamente com a redução da área de pasto, com redução total de até 40%. Também foi realizada a modelagem matemática dos dados obtidos, simulando a produção de carne sob manejo extensivo em diversos cenários (Capítulo 6). A emissão de CH4 diminui, enquanto a emissão de dióxido de carbon (CO2) e N2O aumentaram devido as práticas de intensificação simuladas. A simulação mostrou que a intensificação na produção de carne bovina resulta em menor emissão de GEE por kg de carne produzida. As reduções podem chegar de 2 a 57%, dependendo do cenário. A intensificação também contribui com a diminuição da área total e tempo do ciclo de produção. Estes resultados mostram que a intensificação é uma potencial prática de mitigação para a produção de carne
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.08.2014
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MAZZETTO, André Mancebo; FEIGL, Brigitte Josefine. Greenhouse gas emission on Brazilian beef production: from experimental data to farm-scale modeling. 2014.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64135/tde-04112014-102157/ >.
    • APA

      Mazzetto, A. M., & Feigl, B. J. (2014). Greenhouse gas emission on Brazilian beef production: from experimental data to farm-scale modeling. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64135/tde-04112014-102157/
    • NLM

      Mazzetto AM, Feigl BJ. Greenhouse gas emission on Brazilian beef production: from experimental data to farm-scale modeling [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64135/tde-04112014-102157/
    • Vancouver

      Mazzetto AM, Feigl BJ. Greenhouse gas emission on Brazilian beef production: from experimental data to farm-scale modeling [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64135/tde-04112014-102157/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020