Exportar registro bibliográfico

Histórias para habitar: memórias, moradas e trajetividades (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: PENTEADO, DANIELA CAIELLI - FE
  • Unidade: FE
  • Subjects: CULTURA; BAIRROS; HABITAÇÃO
  • Keywords: Cultura do Morar; Habitação Social; Housing Culture; Pós-Ocupação; Post-occupation; Social Housing
  • Language: Português
  • Abstract: A presente pesquisa buscou investigar, por uma perspectiva simbólica, as dinâmicas de convivência e os processos de apropriação afetiva dos espaços de um bairro, tendo em vista compreender a cultura do morar. O intuito foi incrementar o repertório de pesquisas sobre o período de pós-ocupação de Conjuntos Habitacionais de Interesse Social (CHIS) possibilitando, posteriormente, a ampliação do campo para elaboração de intervenções de cunho pedagógico, que possam futuramente ser propostas nesse contexto. Para tanto, o presente estudo propôs uma leitura interpretativa de entrevistas e peças expressivas (fotografias e colagens) além da análise de mapas simbólicos (ATu-9) de moradores do distrito de José Bonifácio nosso bairro-foco. Os CHIS constituem a configuração de moradia predominante em José Bonifácio e parte-se dessa realidade para refletir acerca da relação entre o espaço físico de moradia e a cultura do morar, numa convergência de narrativas: algumas oferecidas pelos moradores durante as entrevistas, outras nascidas das peças criativas, sempre em diálogo com a própria narrativa da pesquisadora que observa e participa do processo como um todo. O objetivo foi identificar a dimensão simbólica que se expressa nos gestos cotidianos do grupo estudado, tendo o imaginário como fio condutor na compreensão das dinâmicas instauradas na vida social e, para tanto, teve-se como principais referenciais no tratamento do material a Teoria Geral do Imaginário de Gilbert Durand, aSociologia Compreensiva de Michel Maffesoli e os estudos sobre o cotidiano de Michel de Certeau. A pesquisa permitiu concluir que os processos de apropriação dos espaços comuns entre os blocos de apartamentos assim como dos demais lugares do bairro estão relacionados à livre circulação de matrizes simbólicas, sendo incentivado, na concepção de intervenções pedagógicas neste contexto, o reconhecimento das táticas de resistência cultural e simbólica já adotadas pelos moradores como ponto de partida para as ações propostas à comunidade durante o pós-ocupação tardio dos CHIS
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.08.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PENTEADO, Daniela Caielli; TEIXEIRA, Maria Cecília Sanchez. Histórias para habitar: memórias, moradas e trajetividades. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-20102014-112719/ >.
    • APA

      Penteado, D. C., & Teixeira, M. C. S. (2014). Histórias para habitar: memórias, moradas e trajetividades. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-20102014-112719/
    • NLM

      Penteado DC, Teixeira MCS. Histórias para habitar: memórias, moradas e trajetividades [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-20102014-112719/
    • Vancouver

      Penteado DC, Teixeira MCS. Histórias para habitar: memórias, moradas e trajetividades [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-20102014-112719/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021