Exportar registro bibliográfico

Avaliação linear e não linear da variabilidade da frequência cardíaca em mulheres com a Síndrome dos Ovários Policísticos submetidas ao treinamento físico de força: correlação com a composição corporal (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: RIBEIRO, VICTOR BARBOSA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RFI
  • Subjects: SÍNDROME DO OVÁRIO POLICÍSTICO; ANDRÓGENOS (ALTERAÇÃO); FREQUÊNCIA CARDÍACA (VARIABILIDADE); METABOLISMO; TREINAMENTO DE FORÇA
  • Language: Português
  • Abstract: Mulheres com a Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) apresentam alta prevalência de obesidade. Esta doença também está associada com a resistência à insulina e hiperinsulinemia, aumentando o risco de doenças cardiovasculares. Estudos prévios em nosso laboratório também mostraram que essa síndrome, por estar associada com o aumento do percentual de gordura corporal, apresenta alterações relevantes na modulação autonómica cardíaca. O tratamento mais usual é o farmacológico. Entretanto, com o objetivo de reduzir a massa gorda e atenuar os riscos cardiovasculares, o exercício físico periódico, principalmente o aeróbio, também é utilizado como coadjuvante no tratamento. No entanto, pouco sabemos sobre as respostas autonómicas ao treinamento físico de força. Portanto, o objetivo do presente estudo foi investigar os efeitos do treinamento físico de força sobre a modulação autonómica cardíaca, por meio de dois tipos de avaliação da Variabilidade da Freqüência Cardíaca (VFC), linear (análise espectral) e não linear (análise simbólica), e correlacionar coma composição corporal. Para tanto, voluntárias (18 a 39 anos) do grupo controle, sem a Síndrome dos Ovários Policísticos (GC), e voluntárias com a SOP, foram submetidas à análise da modulação autonómica cardíaca em associação à avaliação da composição corporal antes e após o treinamento físico de força. Adicionalmente, os seguintes exames laboratoriais para caracterizar a síndrome foram realizados: dosagens séricas de testosterona total (TT), androstenediona, globulina de ligação ao hormônio sexual (Sex Hormone Binding Globulin - SHBG), glicemia e insulina de jejum, bem como à análise do índice de androgênios livres (free androgen index - FAI) e do índice de resistência à insulina (Homeostasis Model Assessment - HOMA). O treinamento físico de força aplicado em mulheres com a SOP não alterouos valores hemodinâmicos e antropométricos. Em relação à VFC, observamos que a SOP, bem como o treinamento de força, não alteraram o modulação autonómica cardíaca na posição supino, entretanto ao tilt test as mulheres com a SOP apresentaram maior modulação autonómica simpática cardíaca em comparação com o GC. Por fim, identificamos uma alta correlação entre os dois métodos utilizados na análise da VFC. Entretanto, ao que tudo indica, o método de análise linear, ou seja, a análise espectral, foi mais acurado na identificação de pequenas alterações na modulação autonómica cardíaca. Por fim, lembramos que medidas adicionais devam ser tomadas, como a adição do treinamento físico aeróbio, com o objetivo de ampliar as possibilidades de redução do percentual de gordura corporal, sobretudo visceral, possivelmente com maior envolvimento na desregulação dos níveis de insulina, bem como na modulação autonómica cardíaca simpática
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.04.2014

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RIBEIRO, Victor Barbosa; SOUZA, Hugo Celso Dutra de. Avaliação linear e não linear da variabilidade da frequência cardíaca em mulheres com a Síndrome dos Ovários Policísticos submetidas ao treinamento físico de força: correlação com a composição corporal. 2014.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2014.
    • APA

      Ribeiro, V. B., & Souza, H. C. D. de. (2014). Avaliação linear e não linear da variabilidade da frequência cardíaca em mulheres com a Síndrome dos Ovários Policísticos submetidas ao treinamento físico de força: correlação com a composição corporal. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Ribeiro VB, Souza HCD de. Avaliação linear e não linear da variabilidade da frequência cardíaca em mulheres com a Síndrome dos Ovários Policísticos submetidas ao treinamento físico de força: correlação com a composição corporal. 2014 ;
    • Vancouver

      Ribeiro VB, Souza HCD de. Avaliação linear e não linear da variabilidade da frequência cardíaca em mulheres com a Síndrome dos Ovários Policísticos submetidas ao treinamento físico de força: correlação com a composição corporal. 2014 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021