Exportar registro bibliográfico

Biodiversidade em microescala: uma perspectiva para a ecologia de sistemas lóticos (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: LEITE, RICARDO CARDOSO - FFCLRP
  • Unidades: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 592
  • Subjects: INVERTEBRADOS AQUÁTICOS; FAUNA; AMOSTRAGEM; MÉTODOS DE APLICAÇÃO DE TESTES
  • Keywords: aquatic macroinvertebrates; escala espacial; Hidráulica; hydraulics; Macroinvertebrados aquáticos; metacommunity; Metacomunidade; sampling; spatial scale; stream
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho enfatizou as escalas espaciais de microhabitat e de mesohabitat para investigar como a fauna de macroinvertebrados aquáticos é influenciada pelas variáveis ambientais e espaciais. O primeiro capítulo trás uma visão geral da aplicabilidade das escalas de microhabitat e de mesohabitat ao avaliar a estrutura da fauna e, também, demonstra que a composição do substrato influencia a composição faunística. No segundo capítulo, realizamos uma avaliação da suficiência amostral e comparamos a diversidade alfa e beta entre métodos de coleta e entre diferentes mesohabitats. No terceiro capítulo avaliamos diferentes variáveis hidráulicas e suas relações com a abundância de indivíduos e a riqueza de táxons considerando as escalas espaciais de microhabitat e mesohabitat. Observamos que as condições hidráulicas foram importantes na estruturação da comunidade de macroinvertebrados, influenciando positivamente a abundância de indivíduos e negativamente a riqueza de táxons nos microhabitats. No quarto capítulo nos baseamos na teoria de metacomunidades para compreender a influência das variáveis ambientais e espaciais na estruturação da fauna em uma perspectiva de microescala. Além da esperada importância do ambiente para a microdistribuição dos organismos, identificamos uma forte influência do espaço na estruturação da fauna. Nossos resultados demonstraram que a fauna de macroinvertebrados aquáticos é estruturada pela composição do substrato, condições hidráulicas e fatores espaciais, todas estas condições perceptíveis na escala do microhabitat. Deste modo, a microescala pode ser considerada como uma perspectiva válida para o estudo de ecologia de riachos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.05.2014
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LEITE, Ricardo Cardoso; BISPO, Pitágoras da Conceição. Biodiversidade em microescala: uma perspectiva para a ecologia de sistemas lóticos. 2014.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59131/tde-02072014-113205/ >.
    • APA

      Leite, R. C., & Bispo, P. da C. (2014). Biodiversidade em microescala: uma perspectiva para a ecologia de sistemas lóticos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59131/tde-02072014-113205/
    • NLM

      Leite RC, Bispo P da C. Biodiversidade em microescala: uma perspectiva para a ecologia de sistemas lóticos [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59131/tde-02072014-113205/
    • Vancouver

      Leite RC, Bispo P da C. Biodiversidade em microescala: uma perspectiva para a ecologia de sistemas lóticos [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59131/tde-02072014-113205/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020