Exportar registro bibliográfico

Avaliação da composição e da adesividade de obturações dos canais radiculares (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PLOTEGHER, FERNANDA - FORP
  • Unidades: FORP
  • Sigla do Departamento: 804
  • Subjects: MATERIAIS OBTURADORES DO CANAL RADICULAR; OBTURAÇÃO DO CANAL RADICULAR (TÉCNICAS); ADESIVOS DENTINÁRIOS; ENDODONTIA (TRATAMENTO)
  • Keywords: adesividade; bond strenght; dentistry; endodontia-tratamento; endodontic treatment; filing materials; materiais obturadores; obturation techniques; odontologia; técnicas obturadoras
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo do presente estudo in vitro foi avaliar a área ocupada pela guta-percha e cimento, bem como a resistência de união em canais radiculares obturados por diferentes técnicas: Schilder Modificada, Cone único, Thermafil e Híbrida de Tagger. Quarenta incisivos centrais superiores foram preparados com instrumentos rotatórios de NiTi até o diâmetro cirúrgico #70.02, e divididos em quatro grupos de acordo com a técnica utilizada para obturação dos canais (n=10): GI - Schilder Modificada, GII - Cone Único, GIII - Thermafil e GIV - Híbrida de Tagger. Os canais foram obturados com o cimento AH Plus misturado ao corante Rodamina. Feitas as obturações, realizou-se a remoção coronária e as raízes foram seccionadas no sentido horizontal, obtendo-se 3 fatias (2mm de espessura): cervical, médio e apical. Após o preparo, as fatias foram submetidas à mensuração da área total do canal radicular e da área de guta-percha, por meio de objetiva Plan S 1.0 X acoplada à câmera digital e do software Axiovision 4.8. A área do cimento obturador foi determinada pela fórmula Área do cana = Área guta-percha + Área cimento + Área espaços vazios. A resistência de união foi avaliada pelo teste de push-out e as falhas foram observadas em microscópio digital. Os dados foram analisados por Análise de Variância a dois critérios e teste Tukey HSD (p<0,05). Verificou-se diferença estatisticamente significante para técnica obturadora (p<0,05). Não houve diferença estatisticamente significante nos terços e para interação dos fatores (p>0,05). Os canais obturados pelas técnicas Thermafil e Schilder Modificada proporcionaram maiores áreas de guta-percha, diferindo estatisticamente dos obturados pelas técnicas de Cone único e Hibrida de Tagger (p<0,05). Na análise da área preenchida pelo cimento, verificou-se que nos espécimes obturados pelas técnicas Thermafil e Schilder Modificada houve menorárea ocupada pelo cimento, diferindo dos obturados pelas técnicas Híbrida de Tagger e Cone Único (p<0,05). Na análise da resistência de união, houve diferença significante para técnica obturadora, terços e para a interação dos fatores (p<0,05). Os canais obturados pela técnica Híbrida de Tagger apresentaram maior valor de resistência de união, diferentes dos obturados pelas técnicas Cone Único, Schilder Modificada e Thermafil (p<0,05). Houve diferença estatisticamente significante entre os terços (p<0,05), sendo que o terço apical apresentou o maior valor de resistência de união. A análise da interação técnica versus terço demonstrou que os espécimes obturados pela técnica Híbrida de Tagger tiveram no terço apical a maior resistência de união, diferentes das demais técnicas e terços (p<0,05). Falhas adesivas foram mais frequentes em todos os grupos. Pode-se concluir que a maior área ocupada pela guta-percha e a menor área ocupada pelo cimento foram encontrados nos espécimes obturados com as técnicas Schilder Modificada e Thermafil. O maior valor de resistência de união foi encontrado nos canais obturados pela técnica Híbrida de Tagger, especialmente no terço apical
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.04.2014
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PLOTEGHER, Fernanda; SILVA, Ricardo Gariba. Avaliação da composição e da adesividade de obturações dos canais radiculares. 2014.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58133/tde-22042014-170625/ >.
    • APA

      Plotegher, F., & Silva, R. G. (2014). Avaliação da composição e da adesividade de obturações dos canais radiculares. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58133/tde-22042014-170625/
    • NLM

      Plotegher F, Silva RG. Avaliação da composição e da adesividade de obturações dos canais radiculares [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58133/tde-22042014-170625/
    • Vancouver

      Plotegher F, Silva RG. Avaliação da composição e da adesividade de obturações dos canais radiculares [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58133/tde-22042014-170625/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020