Exportar registro bibliográfico

Avaliação, isolamento e identificação dos principais microrganismos causadores de mastite subclínica em búfalas (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: GARCÍA, ANDREA VÁSQUEZ - FZEA
  • Unidade: FZEA
  • Sigla do Departamento: ZAZ
  • Subjects: ANTIBIÓTICOS; BACTÉRIAS; BÚFALOS; CONTAGEM DE CÉLULAS SOMÁTICAS; LEITE; MASTITE ANIMAL
  • Language: Português
  • Abstract: A exploração dos bubalinos para a produção de leite e elaboração de seus derivados é uma atividade que tem crescido nos últimos anos no Brasil. Os búfalos apresentam problemas sanitários semelhantes aos bovinos. Objetivou-se neste estudo, desenvolver o isolamento e caracterização fenotípica e molecular dos principais microrganismos causadores de mastites subclínicas em búfalas (Bubalus bubalis) em quatro granjas leiteiras da região central do Estado de São Paulo, Brasil, através dos testes contagem de células somáticas (CCS), contagem padrão em placas (CPP), caracterização fenotípica e bioquímica dos microrganismos isolados e confirmação pela técnica de PCR, assim como também avaliar o perfil de sensibilidade bacteriana aos principais antimicrobianos para os patógenos mais frequentemente isolados em casos de mastite subclínica em bubalinos. Foram coletadas 20 amostras de leite de búfalas em lactação no ano de 2013, que apresentaram CCS acima de 200.000 cel/mL em controles realizados pelas fazendas. Tendo como base a Instrução Normativa Nº62 de 2011 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), que trata de padrões microbiológicos para leite bovino. Das 20 amostras analisadas neste trabalho, apenas 1 (5%) estava dentro do padrão estabelecido (1 x 104 UFC/mL) com uma variação nos resultados encontrados de 1,0 x 104 UFC/mL a 57,7 x 105 UFC/mL. A CCS apresentou uma mediana de 721.000 cel/mL no leite (valor mínimo: 205.000, valor máximo: 2.264.000), indicandopresença de mastite subclínica. Constatou-se que os agentes com maior frequência de isolamento foram Staphylococcus epidermis (17%), Staphylococcus aureus (15%) e Bacillus spp. (14%). Os ensaios de PCR confirmaram os resultados obtidos com o isolamento na caracterização fenotípica e bioquímica de Staphylococcus aureus, Staphylococcus epidermis, Streptococcus spp. e Escherichia coli. Com a realização do antibiograma, foi possível traçar um perfil de sensibilidade aos diferentes antibióticos testados. O estudo de sensibilidade bacteriana detectou maior sensibilidade (100%) do Staphylococcus aureus e Staphylococcus epidermis aos antibióticos gentamicina e vancomicina; para o gênero Streptococcus spp. à gentamicina e oxacilina e para Escherichia coli à ampicilina
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.04.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GARCÍA, Andrea Vásquez; FRANZOLIN, Raul. Avaliação, isolamento e identificação dos principais microrganismos causadores de mastite subclínica em búfalas. 2014.Universidade de São Paulo, Pirassununga, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74132/tde-24092014-134806/ >.
    • APA

      García, A. V., & Franzolin, R. (2014). Avaliação, isolamento e identificação dos principais microrganismos causadores de mastite subclínica em búfalas. Universidade de São Paulo, Pirassununga. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74132/tde-24092014-134806/
    • NLM

      García AV, Franzolin R. Avaliação, isolamento e identificação dos principais microrganismos causadores de mastite subclínica em búfalas [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74132/tde-24092014-134806/
    • Vancouver

      García AV, Franzolin R. Avaliação, isolamento e identificação dos principais microrganismos causadores de mastite subclínica em búfalas [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74132/tde-24092014-134806/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021