Exportar registro bibliográfico

Impactos tecnológicos, sensoriais e microbiológicos da redução do teor de sódio em salsicha (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: YOTSUYANAGI, SUZANA ERI - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LAN
  • Subjects: SALSICHA; SÓDIO (REDUÇÃO); FOSFATOS; CARNE MECANICAMENTE SEPARADA
  • Keywords: Cloreto de potássio
  • Language: Português
  • Abstract: Os consumidores estão cada vez mais conscientes e informados sobre a relação entre ingestão de sódio e o desenvolvimento da hipertensão. Desta forma, a indústria de alimentos vem desenvolvendo numerosos produtos com baixo teor de sódio para atender às necessidades deste novo perfil de consumidores. O presente projeto estudou os impactos tecnológicos, sensoriais e microbiológicos em salsichas com teor reduzido de sódio, adicionadas de fosfato e cloreto de potássio. Foram realizadas avaliações em duas matrizes cárneas: a) com carne bovina e suína e b) de carne mecanicamente separada (CMS) de frango. Na primeira etapa foram estudadas emulsões, na qual a otimização do processo utilizou como técnica o planejamento fatorial com delineamento composto central rotacional - DCCR, baseado na Metodologia de Superfície de Resposta, sendo as variáveis independentes: fosfato, cloreto de sódio e cloreto de potássio. Esta etapa foi realizada em sistema modelo obtendo as massas em mini cutter com todos os ingredientes previstos para obtenção de salsicha, variando os teores de fosfato, sal (NaCl) e cloreto de potássio (KCl). Na segunda etapa os melhores níveis de fosfato e KCl foram fixados e o cloreto de sódio continuou sendo avaliado em 3 níveis (1,00%, 1,30% e 1,75%), os tratamentos foram processados em planta piloto e realizados as análises físico-químicas, tecnológicas, microbiológicas e sensoriais. Os tratamentos foram monitorados ao longo de 56 dias nos produtos embalados à vácuo eestocados à 5 ± 2ºC em cinco períodos (1, 14, 28, 42 e 56 dias). Na emulsão de carne os melhores níveis de KCl e fosfato foram 0,85% e 0,25% respectivamente e na salsicha os tratamentos com 1,30 e 1,75% de NaCl apresentaram melhor desempenho na maioria das análises, principalmente na análise sensorial com consumidor. Já na emulsão de CMS os melhores níveis de KCl e fosfato foram 0,46% e 0,40%, respectivamente e na salsicha de CMS os tratamentos com 1,3% e 1,75% de NaCl apresentaram os melhores resultados principalmente na análise sensorial com consumidor. A redução da adição de 1,75% de NaCl para 1,3%, representa uma redução de cloreto de sódio de aproximadamente 25% e é viável do ponto de vista tecnológico, microbiológico e sensorial
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.08.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      YOTSUYANAGI, Suzana Eri; CASTILLO, Carmen Josefina Contreras. Impactos tecnológicos, sensoriais e microbiológicos da redução do teor de sódio em salsicha. 2014.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11141/tde-15092014-145223/ >.
    • APA

      Yotsuyanagi, S. E., & Castillo, C. J. C. (2014). Impactos tecnológicos, sensoriais e microbiológicos da redução do teor de sódio em salsicha. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11141/tde-15092014-145223/
    • NLM

      Yotsuyanagi SE, Castillo CJC. Impactos tecnológicos, sensoriais e microbiológicos da redução do teor de sódio em salsicha [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11141/tde-15092014-145223/
    • Vancouver

      Yotsuyanagi SE, Castillo CJC. Impactos tecnológicos, sensoriais e microbiológicos da redução do teor de sódio em salsicha [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11141/tde-15092014-145223/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021