Exportar registro bibliográfico

Remoção eletroquímica dos inseticidas organofosforados metil paration e clorpirifós utilizando eletrodos de diamante dopado com boro (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: ALVES, SUELLEN APARECIDA - IQSC
  • Unidade: IQSC
  • Subjects: ELETROQUÍMICA; DIAMANTE
  • Keywords: ORGANOFOSFORADO
  • Language: Português
  • Abstract: Os efluentes contendo agrotóxicos são a causa de grande preocupação uma vez que estes compostos apresentam toxicidade, persistência no meio ambiente e muitos são recalcitrantes. Dentre os compostos orgânicos utilizados no combate à pragas destacam-se os inseticidas organofosforados, os quais são amplamente utilizados devido à maior solubilidade em água, maior volatilidade e por apresentarem menor toxicidade quando comparados aos compostos organoclorados. Dois inseticidas organofosforados vêm sendo utilizados no Brasil, especialmente na cultura da batata, são eles: metil paration (MP) e clorpirifós (CP). Esses compostos são tóxicos e são difíceis de serem degradados por métodos tradicionais. Diante desse panorama, torna-se necessário o estudo de métodos de tratamento de efluentes orgânicos que ofereçam alta eficiência e baixo custo. O método eletroquímico apresenta-se como um método promissor no tratamento de efluentes, pois apresenta diversas vantagens, tais como: compatibilidade ambiental, versatilidade e relação custo benefício. A escolha do material anódico é um fator importante, pois o eletrodo deve apresentar alta eficiência com estabilidade química e física. Os eletrodos de diamante dopado com boro vêm sendo cada vez mais estudados devido à alta eficiência na remoção de compostos orgânicosNeste sentido, este estudo propõe um método de tratamento para efluente contendo MP e CP (em separado) utilizando eletrodos de diamante dopados com boro (DDB) com diferentes níveis de dopagem (15.000 e 30.000 ppm da relação B/C, designados de DDB15 e DDB30, respectivamente) em meio ácido. Os eletrodos foram caracterizados utilizando técnicas morfológicas e eletroquímicas, tais como Microscopia Eletrônica de Varredura, Microscopia Óptica Digital, Espectroscopia Raman, Difração de Raios X, Voltametria Cíclica e Microscopia Eletroquímica de Varredura. A eficiência no processo de degradação foi acompanhada por técnicas analíticas como espectroscopia na região do UV-Vis, Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE) utilizando detectores de espectroscopia na região do UV e detector de arranjo de diodos (DAD) e analisador de carbono orgânico total (COT). A eficiência do processo foi relacionada com o nível de dopagem do eletrodo DDB bem como a natureza dos compostos. As imagens MEV mostraram o crescimento homogêneo dos filmes sobre o substrato titânio e os espectros Raman confirmam o crescimento do carbono com ligações sp3 (diamante) e a incorporação de átomos de boro. As análises de Difração de Raios X mostram a cristalinidade dos filmes DDB bem como a presença de impurezas. As caracterizações eletroquímicas mostram o amplo intervalo de potencial de ambos os eletrodos e a transferência eletrônica do sistema Fe(CN)63-/4- mostrou a maior reversibilidade com o eletrodo mais dopadoO mesmo comportamento foi obtido com a técnica de SECM. Os ensaios de degradação do inseticida MP mostraram que o eletrodo mais dopado foi mais eficiente na diminuição da concentração (valor máximo de 86%) e remoção da matéria orgânica (valor máximo de 72%) com menor consumo de energia elétrica. Em relação à remoção do inseticida CP, não foi observado diferença expressiva nas respostas de remoção do inseticida bem como na mineralização da matéria orgânica utilizando os dois eletrodos DDB. Entretanto, a cinética de remoção foi mais rápida quando utilizou-se o eletrodo DDB30. Deste modo, pode-se dizer que os eletrodos DDB altamente dopados são eficientes na remoção da matéria orgânica, mas a eficiência do aumento de dopagem deve ser associada ao composto a ser degradado
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.08.2014

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALVES, Suellen Aparecida; LANZA, Marcos Roberto de Vasconcelos. Remoção eletroquímica dos inseticidas organofosforados metil paration e clorpirifós utilizando eletrodos de diamante dopado com boro. 2014.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2014.
    • APA

      Alves, S. A., & Lanza, M. R. de V. (2014). Remoção eletroquímica dos inseticidas organofosforados metil paration e clorpirifós utilizando eletrodos de diamante dopado com boro. Universidade de São Paulo, São Carlos.
    • NLM

      Alves SA, Lanza MR de V. Remoção eletroquímica dos inseticidas organofosforados metil paration e clorpirifós utilizando eletrodos de diamante dopado com boro. 2014 ;
    • Vancouver

      Alves SA, Lanza MR de V. Remoção eletroquímica dos inseticidas organofosforados metil paration e clorpirifós utilizando eletrodos de diamante dopado com boro. 2014 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021