Exportar registro bibliográfico

Efeitos de um programa de exercícios físicos em crianças e adolescentes com dermatomiosite juvenil (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: OMORI, CLARISSA HARUMI - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MPE
  • Subjects: DERMATOPATIAS; EXERCÍCIO FÍSICO; QUALIDADE DE VIDA; CRIANÇAS; ADOLESCENTES; ESTUDOS LONGITUDINAIS
  • Keywords: Adolescent; Adolescente; Child; Criança; Dermatomiosite; Dermatomyositis; Estudos longitudinais; Estudos prospectivos; Exercício; Exercise; Longitudinal studies; Qualidade de vida; Quality of life; Resistance training; Retrospective studies; Treinamento de resistência
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivo. Investigar os efeitos e a segurança de um programa de exercícios físicos supervisionados em parâmetros da doença, capacidade física e qualidade de vida relacionada à saúde em pacientes com dermatomiosite juvenil (DMJ). Métodos. Estudo longitudinal e prospectivo com 10 pacientes com DMJ crônica e com atividade leve. O programa de exercícios consistiu de treinos aeróbios e de resistência duas vezes por semana. Nos momentos inicial e 12 semanas após a intervenção foram avaliadas força e função musculares, condicionamento aeróbio, composição corpórea, escores da DMJ e qualidade de vida relacionada à saúde. Resultados. Pediatric Quality of Life Inventory do paciente e dos pais melhoraram após a intervenção (8,3%; p=0,0008 e 8,7%; p=0,027, respectivamente). Disease Activity Score reduziu (-30,6%; p=0,021) e Childhood Muscle Assessment Scale melhorou (2,5%; p=0,009), enquanto Manual Muscle Testing apresentou uma tendência à significância estatística (2,2%; p=0,081). O pico de consumo de oxigênio e o tempo para exaustão aumentou em 13,3% (p=0,001) e 18,2% (p=0,003), respectivamente, enquanto a frequência cardíaca de repouso diminuiu em 14,7% (p=0,006), indicando importantes adaptações cardiovasculares ao exercício. A força muscular dos membros superiores e inferiores e a função muscular também melhoraram significantemente após o programa (p < 0,05). A densidade mineral aparente do corpo total e da coluna lombar aumentaram significantemente após os treinos (1,44%; p=0,044 e 2,85%; p=0,008, respectivamente).Conclusão. Pela primeira vez na literatura foi mostrado que um programa de exercícios físicos supervisionados por 12 semanas é seguro e capaz de melhorar força e função musculares, condicionamento aeróbio, massa óssea, atividade da doença, e qualidade de vida relacionada à saúde em pacientes com DMJ crônica e leve, em atividade ou em remissão
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.06.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OMORI, Clarissa Harumi; GUALANO, Bruno; SILVA, Clovis Artur Almeida da. Efeitos de um programa de exercícios físicos em crianças e adolescentes com dermatomiosite juvenil. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5141/tde-05092014-085516/ >.
    • APA

      Omori, C. H., Gualano, B., & Silva, C. A. A. da. (2014). Efeitos de um programa de exercícios físicos em crianças e adolescentes com dermatomiosite juvenil. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5141/tde-05092014-085516/
    • NLM

      Omori CH, Gualano B, Silva CAA da. Efeitos de um programa de exercícios físicos em crianças e adolescentes com dermatomiosite juvenil [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5141/tde-05092014-085516/
    • Vancouver

      Omori CH, Gualano B, Silva CAA da. Efeitos de um programa de exercícios físicos em crianças e adolescentes com dermatomiosite juvenil [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5141/tde-05092014-085516/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021