Exportar registro bibliográfico

Resposta imune in situ na cromoblastomicose humana: participação de células T reguladoras e expressão de citocinas de perfil Th17 (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA, ALINE ALVES DE LIMA - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MDT
  • Subjects: CROMOBLASTOMICOSE; LINFÓCITOS T; PELE (LESÕES); CITOCINAS; IMUNOHISTOQUÍMICA; BIÓPSIA
  • Keywords: Biópsia; Biopsy; Células T reguladoras; Células Th17; Chromoblastomycosis; Citocinas; Cromoblastomicose; Cytokines; Immunohistochemistry; Imunohistoquímica; Pele/lesões; Regulatory T cells; Skin/lesions; Th17 cells
  • Language: Português
  • Abstract: A cromoblastomicose é uma infecção fúngica crônica que acomete pele e tecido subcutâneo. As lesões podem ser classificadas em tumoral, verrucosa, cicatricial e do tipo placa. A resposta imune é principalmente celular e a forma grave da doença correlaciona-se com citocinas de perfil Th2. Nós exploramos populações celulares do tipo T reguladoras e Th17. Foram utilizadas vinte e três biópsias da forma verrucosa obtidas de pacientes com diagnóstico clínico e histopatológico de cromoblastomicose, sem tratamento. Foi realizado o método de imunohistoquímica para detectar Foxp3, CD25, TGF-beta, IL-6, IL-17 e IL-23. A IL-17 predominou sobre os outros marcadores, embora haja número regular de Foxp3. TGF-beta, IL-6 e IL-23 raramente foram visualizados. A constituição de uma resposta imune local com alta expressão de IL-17 e baixa expressão de outras citocinas pode ser, ao menos em parte, uma tentativa de ajudar o sistema imunológico contra infecções fúngicas. Células Foxp3 poderiam ser capazes de interferir na resposta imune eficiente contra fungos, mas também beneficiar o hospedeiro, através da capacidade de reduzir os danos do tecido que seguem uma resposta imune local. Esses elementos celulares podem contribuir para a cronicidade que caracteriza esta doença
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.06.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Aline Alves de Lima; PAGLIARI, Carla. Resposta imune in situ na cromoblastomicose humana: participação de células T reguladoras e expressão de citocinas de perfil Th17. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5133/tde-26082014-091536/ >.
    • APA

      Silva, A. A. de L., & Pagliari, C. (2014). Resposta imune in situ na cromoblastomicose humana: participação de células T reguladoras e expressão de citocinas de perfil Th17. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5133/tde-26082014-091536/
    • NLM

      Silva AA de L, Pagliari C. Resposta imune in situ na cromoblastomicose humana: participação de células T reguladoras e expressão de citocinas de perfil Th17 [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5133/tde-26082014-091536/
    • Vancouver

      Silva AA de L, Pagliari C. Resposta imune in situ na cromoblastomicose humana: participação de células T reguladoras e expressão de citocinas de perfil Th17 [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5133/tde-26082014-091536/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021