Exportar registro bibliográfico

Achados de tomografia computadorizada em pacientes com diagnóstico clínico e epidemiológico de infecção hospitalar por micobactéria de crescimento rápido após cirurgias laparoscópicas (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated author: VOLPATO, RICHARD - FM
  • School: FM
  • Sigla do Departamento: MDR
  • Subjects: INFECÇÃO HOSPITALAR; LAPAROSCOPIA; MICOBACTERIOSE; TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE EMISSÃO
  • Keywords: Bariatric surgery; Cirurgia bariátrica; Colecistectomia laparoscópica; Computed tomography; Infecção hospitalar; Laparoscopia; Laparoscopic cholecystectomy; Laparoscopy; Micobactérias não tuberculosas; Nontuberculous mycobacteria; Nosocomial infection; Tomografia computadorizada
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: No ano de 2007, foram diagnosticados 190 casos de infecção hospitalar por Micobactéria de Crescimento Rápido (MCR) em pacientes submetidos a cirurgias videoassistidas em hospitais da região metropolitana de Vitória/ES. Os pacientes foram acompanhados na unidade de referência do Hospital Universitário Cassiano Antonio de Moraes da Universidade Federal do Espírito Santo (HUCAM/UFES), onde foi instituído tratamento específico e estabelecida investigação por métodos de imagens, sobretudo Tomografia Computadorizada (TC), para identificação do número, extensão e localização das lesões. Objetivo: Identificar a distribuição e a frequência dos achados de TC em pacientes com diagnóstico clínico e epidemiológico de infecção hospitalar por MCR após cirurgias laparoscópicas. Métodos: Foi conduzido um estudo descritivo utilizando os dados de prontuários da unidade de referência do HUCAM/UFES e as imagens das tomografias computadorizadas realizadas. Os exames foram analisados, em consenso, por dois radiologistas, que identificaram, separadamente, o comprometimento de pele/subcutâneo, de planos musculofasciais da parede abdominal e do intraperitoneal. Os padrões de comprometimento tabulados foram: densificações, coleções, nódulos maiores ou iguais a 1,0 cm (nódulos), nódulos menores que 1,0 cm (nódulos pequenos), nódulos com pseudocavitação e nódulos pequenos com pseudocavitação. Resultados: 26 pacientes atendiam aos critérios preestabelecidos.As infecções foram relacionadas a: nove cirurgias bariátricas, uma cirurgia bariátrica com colecistectomia, sete colecistectomias, uma colecistectomia somada à correção de hérnia inguinal com colocação de tela, três cirurgias para correção de refluxo gastroesofágico (CRGE), três laparoscopias diagnósticas, uma salpingectomia e uma apendicectomia.O menor intervalo de tempo entre a cirurgia e o exame de tomografia computadorizada foi de 8 dias, o maior, 351 dias, com média de 112 dias e mediana de 83. Todos os pacientes apresentaram algum achado de imagem no subcutâneo, sendo que seis pacientes tiveram comprometimento exclusivo na pele/subcutâneo, e os demais apresentaram comprometimento concomitante de planos musculofasciais e/ou intraperitoneal. Os achados no subcutâneo foram: densificação (88,4%), nódulo pequeno (61,5%), nódulo pequeno pseudocavitado (23,0%), nódulo (38,4%), nódulo pseudocavitado (15,3%) e coleção (26,9%); os achados nos planos musculofasciais foram: densificação (61,5%), nódulo pseudocavitado (3,8%) e coleção (15,3%); e os achados intraperitoneais foram: densificação (46,1%), nódulo pequeno (42,3%), nódulo (15,3%) e coleção (11,5%). Nenhum dos cinco pacientes que realizaram a biópsia subcutânea anteriormente à TC apresentou nódulo subcutâneo maior do que 1,0 cm; comparativamente, dentre aqueles que realizaram a biópsia após a TC, constatou-se que 10 pacientes (47,6%) apresentaram nódulos subcutâneos.A comparação entre os 16 pacientes com intervalo de tempo entre cirurgia e TC menor do que 3 meses e os 10 pacientes com intervalo maior do que 3 meses demonstrou que: os pacientes com menor intervalo de tempo apresentavam maior porcentagem de densificações no subcutâneo (100%), nos planos musculofasciais (81,2%) e intraperitoneais (70,0%); já no grupo com maior intervalo, as porcentagens foram de 66,6%, 30,0% e 10,0%, respectivamente. Conclusão: os achados tomográficos, em ordem decrescente de frequência, foram: a) no subcutâneo: densificação, nódulo pequeno, nódulo, nódulo pequeno pseudocavitado, nódulo pseudocavitado e coleção; b) nos planos musculofasciais: densificação, coleção e nódulo pseudocavitado; e c) intraperitoneal: densificação, nódulo pequeno, nódulo e coleção
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.07.2014
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VOLPATO, Richard; CASTRO, Claudio Campi de. Achados de tomografia computadorizada em pacientes com diagnóstico clínico e epidemiológico de infecção hospitalar por micobactéria de crescimento rápido após cirurgias laparoscópicas. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5151/tde-27082014-113314/ >.
    • APA

      Volpato, R., & Castro, C. C. de. (2014). Achados de tomografia computadorizada em pacientes com diagnóstico clínico e epidemiológico de infecção hospitalar por micobactéria de crescimento rápido após cirurgias laparoscópicas. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5151/tde-27082014-113314/
    • NLM

      Volpato R, Castro CC de. Achados de tomografia computadorizada em pacientes com diagnóstico clínico e epidemiológico de infecção hospitalar por micobactéria de crescimento rápido após cirurgias laparoscópicas [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5151/tde-27082014-113314/
    • Vancouver

      Volpato R, Castro CC de. Achados de tomografia computadorizada em pacientes com diagnóstico clínico e epidemiológico de infecção hospitalar por micobactéria de crescimento rápido após cirurgias laparoscópicas [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5151/tde-27082014-113314/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020