Exportar registro bibliográfico

Endocardites comunitárias por Bartonella spp. e Coxiella burnetii: investigações etioepidemiológica e clínica em pacientes com endocardite com culturas negativas (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: SICILIANO, RINALDO FOCACCIA - FM
  • Unidade: FM
  • Subjects: TESTES SOROLÓGICOS; PROGNÓSTICO; ENDOCARDITE (EPIDEMIOLOGIA;ETIOLOGIA); CULTURA DE PARASITOS
  • Keywords: Bartonella henselae; Bartonella henselae; Bartonella quintana; Bartonella quintana; Coxiella burnetii; Coxiella burnetii; Endocardite; Endocardite/epidemiologia; Endocardite/etiologia; Endocarditis; Endocarditis/epidemiology; Endocarditis/etiology; Prognosis; Prognóstico; Serology; Sorologia
  • Language: Português
  • Abstract: Endocardite infecciosa é uma doença associada à elevada morbidade e letalidade. O diagnóstico precoce e o reconhecimento de sua etiologia podem contribuir para o sucesso do tratamento antibiótico; entretanto, cerca de um quarto das endocardites permanece sem diagnóstico etiológico. Este estudo teve como objetivo principal identificar a frequência de endocardite por Bartonella spp. e Coxiella burnetii dentre as endocardites com culturas negativas comunitárias e avaliar os fatores preditores dessas infecções. Como objetivo secundário compararam-se as características clínicolaboratoriais e prognósticas entre as endocardites comunitárias com culturas negativas e positivas. Foram avaliados também os fatores associados à letalidade intra-hospitalar das endocardites com culturas negativas. Entre janeiro de 2004 e janeiro de 2009, foram investigados 369 episódios consecutivos de endocardite em pacientes atendidos no Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo - InCor HC-FMUSP. Foram estudados os casos que ocorreram em adultos, classificados pelos critérios de Duke modificados como \"endocardite definida\" e de origem comunitária. Assim, foram incluídos 221 episódios de endocardite, 170 com culturas positivas e 51 com culturas negativas. Neste último grupo, foram feitas as pesquisas sorológicas (reação de imunofluorescência indireta) e histopatológica de Bartonella spp. e Coxiella burnetii. Consideraram-se positivos títulos deimunoglobulina G (IgG) >= 800 para Bartonella henselae e ou Bartonella quintana, e IgG antifase I para C. burnetii > 800. O estudo histopatológico das valvas cardíacas foi capaz de identificar morfologicamente a etiologia de 87% das endocardites com culturas negativas, enquanto que o método de Gram do tecido a fresco o fez em somente 10% dos casos. As endocardites com culturas negativas apresentaram maior frequência de dispneia à admissão (p=0,001), menor valor de proteína C reativa (p=0,009), menor Fração de Ejeção do Ventrículo Esquerdo (Feve) (p=0,022) e necessitaram de mais tempo para o início do tratamento antibiótico para endocardite (p < 0,001) quando comparadas àquelas com culturas positivas. Não houve diferença estatisticamente significante entre os grupos na letalidade intra-hospitalar e na sobrevida após alta hospitalar. Verificou-se que a presença de diabetes mellitus (p=0,009) ou sepse grave na admissão (p=0,01) esteve independentemente associada ao óbito intra-hospitalar entre as endocardites com culturas negativas. Dez casos de endocardite por Bartonella spp. (frequência 19,6% [IC95%: 9,8 - 33,1]) e quatro casos de endocardite por Coxiella burnetii (frequência 7,8% [IC95%: 2,2 - 18,9]) foram diagnosticados dentre os 51 episódios de endocardite com culturas negativas. As endocardites por Bartonella spp. apresentavam menor Feve (p=0,025), associação com a identificação de cocobacilo Gram-negativo no exame histológico da valva cardíaca (p=0,001) e presença degato no domicílio (p=0,001). Conclusões: Bartonella spp. e Coxiella burnetii foram as etiologias de quase um terço (27,5%) das endocardites comunitárias com culturas negativas. A presença de gato no domicílio, Feve <- 45%, e a identificação de cocobacilo Gram-negativo no exame histológico da valva cardíaca em pacientes com endocardite com culturas negativas parecem estar associadas à infecção por Bartonella spp. O exame histológico da valva cardíaca permitiu a identificação morfológica do micro-organismo na maioria dos casos, mesmo quando as hemoculturas estavam negativas. Não se observou diferença na letalidade intra-hospitalar e na sobrevida em longo prazo entre os dois grupos. A presença de diabetes mellitus ou sepse grave à adminissão associou-se ao óbito hospitalar nas endocardites com culturas negativas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.04.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SICILIANO, Rinaldo Focaccia; STRABELLI, Tânia Mara Varejão. Endocardites comunitárias por Bartonella spp. e Coxiella burnetii: investigações etioepidemiológica e clínica em pacientes com endocardite com culturas negativas. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5131/tde-13082014-161310/ >.
    • APA

      Siciliano, R. F., & Strabelli, T. M. V. (2014). Endocardites comunitárias por Bartonella spp. e Coxiella burnetii: investigações etioepidemiológica e clínica em pacientes com endocardite com culturas negativas. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5131/tde-13082014-161310/
    • NLM

      Siciliano RF, Strabelli TMV. Endocardites comunitárias por Bartonella spp. e Coxiella burnetii: investigações etioepidemiológica e clínica em pacientes com endocardite com culturas negativas [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5131/tde-13082014-161310/
    • Vancouver

      Siciliano RF, Strabelli TMV. Endocardites comunitárias por Bartonella spp. e Coxiella burnetii: investigações etioepidemiológica e clínica em pacientes com endocardite com culturas negativas [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5131/tde-13082014-161310/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021