Exportar registro bibliográfico

Espaço educacional contemporâneo: reflexões sobre os rumos da arquitetura escolar na cidade de São Paulo (1935-2013) (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: WILDEROM, MARIANA MARTINEZ - FAU
  • Unidade: FAU
  • Sigla do Departamento: AUH
  • Subjects: ESCOLAS (ARQUITETURA); CIDADES; POLÍTICAS PÚBLICAS; PAISAGEM URBANA; EQUIPAMENTO URBANO; ESPAÇO ESCOLAR
  • Language: Português
  • Abstract: A pesquisa desenvolve uma análise da história do espaço educacional na cidade de São Paulo, a partir de problemáticas contemporâneas que envolvem o equipamento público escolar. O objeto de estudo que mobiliza a leitura histórica é o Centro Educacional Unificado, um complexo de equipamentos educacionais, culturais e recreativos, implantados pela prefeitura de São Paulo, originalmente entre 2002-2004, nos bairros periféricos que apresentavam carência de equipamentos sociais, espaços públicos e infraestrutura urbana. O ceu foi aclamado por seus idealizadores e pela mídia especializada, como um equipamento indutor de urbanidade. Uma vez que a multiplicidade de suas funções se organiza na criação de um espaço público diferenciado, que remete à cidade formal, atendendo tanto ao público escolar quanto à comunidade local. A partir dessa interpretação, o conjunto arquitetônico resultante ofereceria serviços de qualidade e vivências do espaço urbano que contribuiriam para a expansão das perspectivas da educação para a cultura, os esportes e a recreação. A análise detalhada desse exemplo levou à compreensão de que o ceu poderia ser lido a partir de três eixos temáticos, os quais consequentemente orientariam a análise histórica: a escola era ao mesmo tempo uma política pública, uma tipologia arquitetônica e uma intervenção urbana. É a partir dessa estrutura analítica que se buscou compreender como o equipamento educacional chegou historicamente a essa proposta multifacetada que, ao condominializar uma série de equipamentos tradicionalmente distribuídos pela cidade, equaliza a oferta de serviços a populações carentes, mas tensiona as relações entre a escola e cidade. (continua)(continuação) A produção de equipamentos públicos educacionais é estudada desde 1935, a partir da criação do Departamento de Cultura e dos Parques Infantis instalados nos bairros operários, chegando até os dias atuais, com 45 ceus em funcionamento na periferia de São Paulo.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.04.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      WILDERON, Mariana Martinez; CAMARGO, Mônica Junqueira de. Espaço educacional contemporâneo: reflexões sobre os rumos da arquitetura escolar na cidade de São Paulo (1935-2013). 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16133/tde-03072014-111050/pt-br.php >.
    • APA

      Wilderon, M. M., & Camargo, M. J. de. (2014). Espaço educacional contemporâneo: reflexões sobre os rumos da arquitetura escolar na cidade de São Paulo (1935-2013). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16133/tde-03072014-111050/pt-br.php
    • NLM

      Wilderon MM, Camargo MJ de. Espaço educacional contemporâneo: reflexões sobre os rumos da arquitetura escolar na cidade de São Paulo (1935-2013) [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16133/tde-03072014-111050/pt-br.php
    • Vancouver

      Wilderon MM, Camargo MJ de. Espaço educacional contemporâneo: reflexões sobre os rumos da arquitetura escolar na cidade de São Paulo (1935-2013) [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16133/tde-03072014-111050/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021