Exportar registro bibliográfico

Avaliação das perdas auditivas em crianças e adolescentes com câncer (2008)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: LATORRE, MARIA DO ROSARIO DIAS DE OLIVEIRA - FSP ; ODONE FILHO, VICENTE - FM
  • Unidades: FSP; FM
  • Subjects: AUDIÇÃO; SAÚDE DA CRIANÇA; SAÚDE DO ADOLESCENTE; CANÇÃO INFANTIL
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução – A incidência do câncer infantil é considerada moderadamente elevada no Brasil e, como resultado de tratamentos mais efetivos, as taxas de sobrevida têm aumentado muito nos últimos anos. As crianças e adolescentes com câncer recebem tratamentos que têm os mais diversos efeitos colaterais, entre eles, a ototoxicidade, que é a capacidade de provocar lesão em estruturas da orelha interna e que pode levar à perda auditiva. Objetivos – Estimar a prevalência de perda de audição e os fatores associados à ocorrência desta nas crianças e adolescentes tratados no Instituto de Tratamento do Câncer Infantil – ITACI, utilizando três classificações propostas na literatura. Metodologia – A pesquisa foi desenvolvida no ITACI, o qual é um centro de referência nacional no tratamento do câncer pediátrico. Foram analisados 94 pacientes atendidos no ITACI, no período de 2003 e 2004. Como a avaliação audiológica não é feita de rotina neste Instituto, os pacientes transferidos e os que foram a óbito não puderam ser incluídos no estudo. Os indivíduos foram submetidos a uma anamnese para verificar qualquer comprometimento auditivo. Em seguida, foi feita a inspeção visual do meato acústico externo, para verificar a presença de qualquer ocorrência que pudesse impedir a realização dos exames audiológicos. Foi realizada a avaliação dos limiares auditivos utilizando-se procedimentos de resposta condicionada (por meio da audiometria tonal liminar, audiometria lúdica condicionada ou audiometria com reforço visual), com a finalidade de determinar os limiares auditivos. Por fim, foram realizadas a timpanometria e a pesquisa dos reflexos acústicos, para avaliar as condições da orelha média.A caracterização da amostra foi realizada por meio da estatística descritiva e a análise da concordância no diagnóstico da perda auditiva para as três classificações, por meio da estatística Kappa. A análise dos fatores associados à presença de perda auditiva foi realizada por meio do teste associação pelo qui-quadrado e modelos de regressão logística univariados e múltiplos. Resultados – Os resultados mostraram prevalência de perda auditiva de 42,5% utilizando a classificação proposta pela American Speech-Language-Hearing Association (ASHA), 40,4% de acordo com a classificação proposta pelo Pediatric Oncology Group Toxicity (POGT) e 12,8% pela classificação de Perda Auditiva Bilateral (PAB). A concordância no diagnóstico de perda auditiva pelas classificações POGT e PAB, e para PAB e ASHA foi fraca (respectivamente, k=0,36 e k=0,33). Já a concordância entre as classificações ASHA e POGT foi quase perfeita (k=0,96). O único fator de risco para perda auditiva, pelas três classificações adotadas, foi o uso da cisplatina e este efeito foi potencializado com o uso concomitante da ifosfamida. Conclusões – A perda de audição é um efeito colateral importante nas crianças e adolescentes com câncer. A monitorização auditiva é fundamental, visto que possibilita a detecção precoce das perdas auditivas e a revisão do tratamento, além de identificar a progressão da seqüela. Recomenda-se que sejam feitas avaliações audiológicas periódicas, mesmo após o término do tratamento e que seja adotada uma classificação que contemple as perdas auditivas discretas, como a proposta pela ASHA
  • Imprenta:
  • Source:
  • Conference titles: Encontro Internacional de Audiologia
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Aline Medeiros da; LATORRE, Maria do Rosário Dias de Oliveira; CRISTOFANI, Lilian Maria; ODONE FILHO, Vicente. Avaliação das perdas auditivas em crianças e adolescentes com câncer. Anais.. São Paulo: Academia Brasileira de Audiologia, 2008.Disponível em: .
    • APA

      Silva, A. M. da, Latorre, M. do R. D. de O., Cristofani, L. M., & Odone Filho, V. (2008). Avaliação das perdas auditivas em crianças e adolescentes com câncer. In Anais. São Paulo: Academia Brasileira de Audiologia. Recuperado de http://www.audiologiabrasil.org.br/eiaitajai2008/anais_select.php?pg=buscaresult&cid=1937
    • NLM

      Silva AM da, Latorre M do RD de O, Cristofani LM, Odone Filho V. Avaliação das perdas auditivas em crianças e adolescentes com câncer [Internet]. Anais. 2008 ;Available from: http://www.audiologiabrasil.org.br/eiaitajai2008/anais_select.php?pg=buscaresult&cid=1937
    • Vancouver

      Silva AM da, Latorre M do RD de O, Cristofani LM, Odone Filho V. Avaliação das perdas auditivas em crianças e adolescentes com câncer [Internet]. Anais. 2008 ;Available from: http://www.audiologiabrasil.org.br/eiaitajai2008/anais_select.php?pg=buscaresult&cid=1937


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021