Exportar registro bibliográfico

Avaliação da matéria orgânica de solos tratados com lodo de esgoto: uso de ferramentas quantitativas e espectroscópicas (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: AVALHÃES, CINTIA CARLA - CENA
  • Unidade: CENA
  • Subjects: ÁCIDO HÚMICO; BIOSSÓLIDOS; CARBONO; ESPECTROSCOPIA; FLUORESCÊNCIA; LATOSSOLOS
  • Language: Português
  • Abstract: A reciclagem agrícola do lodo de esgoto devidamente tratado é uma boa opção, pois transforma o resíduo orgânico em um importante insumo agrícola. Entretanto, a aplicação do lodo de esgoto pode alterar a quantidade e a estabilidade da matéria orgânica do solo. Com a presente pesquisa, objetivou-se avaliar os efeitos de doses de lodo de esgoto na matéria orgânica de dois solos (um Latossolo Vermelho distrófico sob floresta de eucalipto e um Latossolo Vermelho distroférrico sob cultivo de milho) por meio de técnicas quantitativas e espectroscópicas. O experimento I, sob cultivo de milho, foi instalado em Jaguariúna-SP, constituiu-se de 5 doses acumuladas de lodo de esgoto da ETE de Barueri, aplicadas de 1999 a 2005: 0; 30; 60; 120 e 240 t ha-1 (em base seca). O experimento II, sob floresta de eucalipto, foi instalado em dezembro de 2004, em área comercial da empresa da Suzano Papel e Celulose, em Angatuba - SP. Aplicou-se, uma única vez, 4 doses de lodo de esgoto da ETE de Jundiaí (0; 7,7; 15,4 e 23,1 t ha-1 em base seca). Nas amostras de solo foram determinados os conteúdos de carbono, por meio de análise elementar (CHN), e então, calculou-se o grau de humificação da matéria orgânica utilizando a Fluorescência Induzida por Laser (FIL). Com base nesses resultados, foram selecionadas algumas amostras para o fracionamento químico da matéria orgânica do solo e, por meio de técnicas espectroscópicas (FTIR, UV-vis, RMN e Fluorescência de UV-vis), foi realizado um estudo aprofundadoda influência do lodo de esgoto nas substâncias húmicas do solo, bem como, em seu estágio de humificação. Pode-se verificar um aumento na concentração de carbono no solo com a aplicação do lodo de esgoto em ambos experimentos, bem como um aumento da alifaticidade e, conseqüentemente, diminuição da aromaticidade das substâncias húmicas, resultado da incorporação de matéria orgânica fresca, não compostada
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.04.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      AVALHÃES, Cintia Carla; ABREU JUNIOR, Cassio Hamilton; SILVA, Wilson Tadeu Lopes da. Avaliação da matéria orgânica de solos tratados com lodo de esgoto: uso de ferramentas quantitativas e espectroscópicas. 2014.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64135/tde-16062014-143322/ >.
    • APA

      Avalhães, C. C., Abreu Junior, C. H., & Silva, W. T. L. da. (2014). Avaliação da matéria orgânica de solos tratados com lodo de esgoto: uso de ferramentas quantitativas e espectroscópicas. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64135/tde-16062014-143322/
    • NLM

      Avalhães CC, Abreu Junior CH, Silva WTL da. Avaliação da matéria orgânica de solos tratados com lodo de esgoto: uso de ferramentas quantitativas e espectroscópicas [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64135/tde-16062014-143322/
    • Vancouver

      Avalhães CC, Abreu Junior CH, Silva WTL da. Avaliação da matéria orgânica de solos tratados com lodo de esgoto: uso de ferramentas quantitativas e espectroscópicas [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64135/tde-16062014-143322/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021