Exportar registro bibliográfico

Estudo experimental de briquetes autorredutores e auto-aglomerantes de minério de ferro e carvão fóssil (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: TANAKA, MÁRCIO TOSHIO - EP
  • Unidade: EP
  • Sigla do Departamento: PMT
  • Subjects: PROCESSAMENTO MINERAL; FERRO; CARVÃO; ALTOS FORNOS
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho consiste no estudo da obtenção de aglomerados autorredutores na forma de briquetes a frio tratados termicamente, utilizando minério de ferro e carvão fóssil como matérias-primas. Esta promissora tecnologia tem como premissa a utilização da termo-plasticidade do carvão fóssil para conferir resistência e promover a auto-aglomeração. A obtenção de briquetes dá-se através de três etapas: condicionamento da mistura, briquetagem a frio e tratamento térmico. Os finos de carvão e minério são misturados e homogeneizados. A mistura, então, passa por processo de briquetagem a frio para compactação, promove o aumento de contato entre as partículas de carvão e minério. Finalmente tratamento térmico é realizado para obter a forma de um corpo sólido e coeso de auto-aglomerado autorredutor. O objetivo deste trabalho é determinar as melhores condições de obtenção de briquetes através do estudo de variáveis ao longo do processo de fabricação, utilizando a resistência mecânica como parâmetro. As variáveis estudadas são: granulometria do carvão, envelhecimento do carvão, percentual de carvão na mistura, adição de aglomerantes, pressão de compactação na briquetagem e temperatura de tratamento térmico. Os resultados obtidos neste estudo indicam que estas variáveis afetam significativamente a resistência mecânica. Utilizando-se o carvão Chipanga, o melhor resultado de resistência à compressão foi de 19,82 Mpa. Foram consideradas as seguintes condições de fabricação: mistura na proporção de 75:25 (% em massa) de minério para carvão Chipanga, o carvão continha finos inferiores à 0,075 mm, sem a adição de aglomerantes, e o tratamento térmico foi realizado na temperatura de máxima fluidez do carvão.Além disto, foi observado que as partículas de minério de ferro foram concentradas nas regiões periféricas do briquete após tratamento térmico, e que o envelhecimento do carvão afeta negativamente a propriedade de termo-plasticidade.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.03.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      TANAKA, Marcio Toshio; MOURÃO, Marcelo Breda. Estudo experimental de briquetes autorredutores e auto-aglomerantes de minério de ferro e carvão fóssil. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3133/tde-26122014-115756/pt-br.php >.
    • APA

      Tanaka, M. T., & Mourão, M. B. (2014). Estudo experimental de briquetes autorredutores e auto-aglomerantes de minério de ferro e carvão fóssil. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3133/tde-26122014-115756/pt-br.php
    • NLM

      Tanaka MT, Mourão MB. Estudo experimental de briquetes autorredutores e auto-aglomerantes de minério de ferro e carvão fóssil [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3133/tde-26122014-115756/pt-br.php
    • Vancouver

      Tanaka MT, Mourão MB. Estudo experimental de briquetes autorredutores e auto-aglomerantes de minério de ferro e carvão fóssil [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3133/tde-26122014-115756/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020