Exportar registro bibliográfico

Avaliação de marcadores de gravidade neonatal para predição de óbitos neonatais precoces: a identificação de casos e o desenvolvimento conceitual de near miss neonatal (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: CASTRO, CYNTHIA PILEGGI - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RPP
  • Subjects: BIOMARCADORES (AVALIAÇÃO); NEONATOLOGIA; MORTALIDADE INFANTIL; QUALIDADE DOS CUIDADOS DE SAÚDE (AVALIAÇÃO)
  • Language: Português
  • Abstract: OBJETIVO. Desenvolver e testar marcadores de morbidade neonatal para identificação de casos de near miss neonatal. MÉTODO. Esta é uma análise de dois bancos de dados de estudos transversais da Organização Mundial da Saúde a Pesquisa Global sobre Saúde Materna e Perinatal (WHOGS) e a Pesquisa Multi-países em Saúde Materna e Neonatal (WHOMCS). O WHOGS foi realizado em 373 hospitais de 24 países (2004-2008). O WHOMCS foi realizado em 359 hospitais de 29 países (2010-2011). Dados foram coletados com base em registros hospitalares de todas as mulheres admitidas para o parto e seus respectivos recém-nascidos. Marcadores pragmáticos (peso ao nascer < 1.750g, Apgar de 5 minutos <7 e idade gestacional <33 semanas) foram identificados com o banco de dados do WHOGS e validados com o banco de dados do WHOMCS. A precisão diagnóstica de um conjunto de características neonatais e de marcadores de manejo da morbidade neonatal grave foi testada no WHOMCS. RESULTADOS. Esta análise incluiu 290.610 nascidos vivos do WHOGS e 310.436 do WHOMCS. A acurácia diagnóstica dos marcadores pragmáticos e de manejo de morbidade grave para a identificação de óbitos neonatais precoces foi muito alta: Sensibilidade: 92,8% (Intervalo de Confiança de 95%, de 91,8-93,7); Especificidade: 92,7% (IC95% 92,6-92,8); Razão de Verossimilhança Positiva: 12,7 (IC95% 12,5-12,9); Razão de Verossimilhança Negativa: 0,08 (IC95% 0,07-0,09); Odds Ratio Diagnóstico 163,4 (IC95% 141,6-188,4). CONCLUSÃO. Os recém-nascidos que apresentam os marcadores selecionados de gravidade e sobrevivem à primeira semana de vida neonatal podem ser considerados como casos de near miss. Essa definição e os critérios identificados podem ser vistos como base para futuras aplicações do conceito de near miss em saúde neonatal. Essas ferramentas podem ser usadas para informar os gestores políticos sobre a melhor forma de aplicar os escassos recursospara a melhoria da qualidade do atendimento e redução da mortalidade neonatal, uma vez que os indicadores de saúde neonatal derivados dessa análise ilustraram forte associação entre a qualidade do atendimento e o desenvolvimento do país, medido pelo Índice de Desenvolvimento Humano de 2012
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.02.2014

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CASTRO, Cynthia Pileggi; CAMELO JUNIOR, José Simon; PERDONÁ, Gleici da Silva Castro. Avaliação de marcadores de gravidade neonatal para predição de óbitos neonatais precoces: a identificação de casos e o desenvolvimento conceitual de near miss neonatal. 2014.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2014.
    • APA

      Castro, C. P., Camelo Junior, J. S., & Perdoná, G. da S. C. (2014). Avaliação de marcadores de gravidade neonatal para predição de óbitos neonatais precoces: a identificação de casos e o desenvolvimento conceitual de near miss neonatal. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Castro CP, Camelo Junior JS, Perdoná G da SC. Avaliação de marcadores de gravidade neonatal para predição de óbitos neonatais precoces: a identificação de casos e o desenvolvimento conceitual de near miss neonatal. 2014 ;
    • Vancouver

      Castro CP, Camelo Junior JS, Perdoná G da SC. Avaliação de marcadores de gravidade neonatal para predição de óbitos neonatais precoces: a identificação de casos e o desenvolvimento conceitual de near miss neonatal. 2014 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021