Exportar registro bibliográfico

Estudo do comportamento mecânico na usinagem de aços inoxidáveis (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: BARBOSA, PATRÍCIA ALVES - EP
  • Unidade: EP
  • Sigla do Departamento: PMR
  • Subjects: USINAGEM; TORNEAMENTO; AÇO INOXIDÁVEL; RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS; ENSAIOS MECÂNICOS
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste trabalho foi abordar a usinagem sob a ótica da ciência do comportamento mecânico dos materiais através da avaliação da usinabilidade de três classes de aços inoxidáveis com diferentes microestruturas através da análise das respostas de deformação, taxa de deformação, tensão, encruamento e temperatura na zona de cisalhamento primária, determinados a partir do monitoramento das forças de usinagem e controle do cavaco (morfologia e microestrutura) em ensaios de torneamento semi-ortogonal, visando o levantamento e a relação dos parâmetros fundamentais do sistema de corte que possam ser fatores significativos no modelamento do processo de usinagem. Os aços inoxidáveis, que em geral, são caracterizados como materiais de baixa usinabilidade, em consequência do elevado grau de encruamento e baixa condutividade térmica durante a usinagem, podem ajudar no estudo em razão da morfologia segmentada de seus cavacos facilitando investigações da formação do cavaco pós-processo. Os resultados mostraram que aços inoxidáveis apresentaram comportamentos distintos na usinagem, mostrando uma grande dependência da estrutura cristaliana, responsável pelos planos de deslizamento contribuindo para uma maior deformação e reduzindo a tensão de cisalhamento, além da condutividade térmica e dureza do material, que foram fortes indicadores da susceptibilidade dos aços inoxidáveis ao cisalhamento adiabático com formação de cavaco contínuo ou segmentado. A resposta à tensão e deformação dos aços inoxidáveis austenítico e duplex mostraram similaridade quando comparados com a classe martensítica. Não foi evidenciada presença de martensita induzida por deformação na usinagem do aço inoxidável austenítico.Por meio do planejamento composto central foi possível gerar modelos empíricos para cada classe de material relacionando as respostas de deformação, taxa de deformação, tensões, encruamento e temperatura na zona de cisalhamento primária com as condições de corte.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.01.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BARBOSA, Patrícia Alves; MACHADO, Izabel Fernanda. Estudo do comportamento mecânico na usinagem de aços inoxidáveis. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3151/tde-12122014-153825/pt-br.php >.
    • APA

      Barbosa, P. A., & Machado, I. F. (2014). Estudo do comportamento mecânico na usinagem de aços inoxidáveis. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3151/tde-12122014-153825/pt-br.php
    • NLM

      Barbosa PA, Machado IF. Estudo do comportamento mecânico na usinagem de aços inoxidáveis [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3151/tde-12122014-153825/pt-br.php
    • Vancouver

      Barbosa PA, Machado IF. Estudo do comportamento mecânico na usinagem de aços inoxidáveis [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3151/tde-12122014-153825/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021