Exportar registro bibliográfico

Modos de ser plural (2013)

  • Autor:
  • Autor USP: MULLER, ANA LUCIA DE PAULA - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Subjects: LÍNGUAS INDÍGENAS; GRAMÁTICA
  • Language: Português
  • Abstract: ESTE TRABALHO DISCUTE A NOÇÃO DE PLURAL NO DOMÍNIO DOS EVENTOS, BASEANDO-SE EM DADOS DA LÍNGUA KARITIANA, LÍNGUA NATIVA BRASILEIRA DO TRONCO TUPI. O TRABALHO SITUA-SE DENTRO DO PARADIGMA DA SEMÂNTICA FORMAL E DEMONSTRA QUE EVENTOS PLURAIS PODEM SER GERADOS POR PROCESSOS LINGUÍSTICOS DISTINTOS. KRATZER 2005 AFIRMA QUE EXISTEM DUAS FONTES POSSÍVEIS DE PLURAL VERBAL: CUMULATIVIDADE LEXICAL E PLURALIZAÇÃO DO PREDICADO (VP). DENOTAÇÕES CUMULATIVAS SÃO DENOTAÇÕES QUE ABRANGEM ENTIDADES SINGULARES E TODAS AS SUAS COMBINAÇÕES PLURAIS. PARA A AUTORA, A DENOTAÇÃO DOS VERBOS É ORIGINALMENTE CUMULATIVA. ESSE FATO É SUFICIENTE PARA EXPLICAR PORQUE SENTENÇAS COMO (1)LU LE Ø-NAKA-’Y-T MYJYM-T PIKOM/ LU LE 3-DECL-COMER-NFT TRÊS-OBL MACACO/‘LU E LE COMERAM TRÊS MACACOS’SÃO VERDADEIRAS DE EVENTOS CUMULATIVOS E COLETIVOS; OU SEJA, LU E LE PODEM COMER 3 MACACOS DIVIDINDO-OS DE QUALQUER FORMA, DESDE QUE O NÚMERO TOTAL DE MACACOS COMIDOS SEJA 3. MUITAS LÍNGUAS DO MUNDO USAM A REDUPLICAÇÃO PARA EXPRESSAR PLURALIDADE DE EVENTOS INTENSIDADE, DISTRIBUTIVIDADE, E OUTRAS NOÇÕES RELACIONADAS (CUSIC 1981, GIL 1982, NEWMAN 1990, LASERSOHN 1995, ENTRE OUTROS). KARITIANA FAZ USO DE REDUPLICAÇÃO DO VERBO E DE REDUPLICAÇÃO DE ADVÉRBIOS. A REDUPLICAÇÃO DO VERBO – PLURACIONALIDADE – EXPRESSA REPETIÇÃO DO EVENTO NO TEMPO E TEM ESCOPO APENAS SOBRE O VERBO (2)LU LE Ø-NAKA-’Y-’Y-T MYJYM-T PIKOM/ LU LE 3-DECL-COMER-RDPL-NFT TRÊS-OBL MACACO/ ‘LU E LE COMERAM TRÊS MACACOS’ (MÜLLER & SANCHEZ-MENDES 2008). ADVÉRBIOS REDUPLICADOS, COMO O NUMERAL DISTRIBUTIVO MYJYMP.MYJYMP (‘TRÊS TRÊS’) (5), SÃO ADVÉRBIOS SENTENCIAIS QUE PRODUZEM SOMENTE LEITURAS DISTRIBUTIVAS (MÜLLER & NEGRÃO 2012)NOTE-SE QUE EM (3)MYJYM-T.MYJYM-T Ø-NAKA-’Y-T PIKOM LU LE/ TRÊS-OBL.RDPL 3-DECL-COMER-NFT MACACO LU LE/ 'LU E LE COMERAM TRÊS MACACOS DE CADA VEZ’ O NÚMERO DE MACACOS COMIDOS É SEMPRE MAIOR QUE 6 (3 MACACOS POR OCASIÃO). INTERESSANTEMENTE, NEM CUMULATIVIDADE, NEM PLURACIONALIDADE SÃO CAPAZES DE GERAR LEITURAS VERDADEIRAMENTE DISTRIBUTIVAS; UMA VEZ QUE ELAS AFETAM APENAS O NÚCLEO VERBAL. SE ENTENDEMOS QUE SER PLURAL SIGNIFICA DENOTAR EVENTOS NÃO ATÔMICOS, É NECESSÁRIO RECONHECER QUE PLURALIDADE PODE SER EXPRESSA POR PROCESSOS LINGUÍSTICOS DISTINTOS. EM KARITIANA ESSES MODOS INCLUEM (I) CUMULATIVIDADE LEXICAL; (II) PLURACIONALIDADE; (III) PLURAL DO VP. ABREVIAÇÕES:3=3A.PESSPA;DECL=MODO.DECLARATIVO;NFT=NÃO-FUTURO;OBL=OBLÍQUO;RDPL=REDUPLICAÇÃO. REFERENCIAS: KRATZER 2005. ON THE PLURALITY OF VERBS; CUSIC 1981. VERBAL PLURALITY AND ASPEC; GIL 1982. DISTRIBUTIVE NUMERALS; LASERSOHN 1995. PLURALITY, CONJUNCTION, AND EVENTS; MÜLLER&SANCHEZ-MENDES 2008. PLURACTIONALITY IN KARITIANA; MÜLLER&NEGRÃO 2012. ON DISTRIBUTIVITY IN KARITIANA; NEWMAN 1990. NOMINAL AND VERBAL PURALITY IN CHADIC; STORTO1999. ASPECTS OF KARITIANA GRAMMAR.
  • Imprenta:
  • Source:
  • Conference titles: Seminário do GEL

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MULLER, Ana Lucia de Paula. Modos de ser plural. Anais.. São Paulo: GEL, 2013.
    • APA

      Muller, A. L. de P. (2013). Modos de ser plural. In Programação e resumos. São Paulo: GEL.
    • NLM

      Muller AL de P. Modos de ser plural. Programação e resumos. 2013 ;
    • Vancouver

      Muller AL de P. Modos de ser plural. Programação e resumos. 2013 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021