Exportar registro bibliográfico

Avaliação das medidas de educação e Vigilância Ambiental em Saúde com vistas ao controle da infestação predial de Aedes aegypti, e da dispersão de criadouros dos mosquitos vetores do vírus da dengue (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: REZENDE, KêNIA - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLG
  • Subjects: GEOGRAFIA; SAÚDE PÚBLICA; DENGUE; EDUCAÇÃO AMBIENTAL
  • Keywords: Índice de infestação predical; Building infestation rate; Surveillance environmental health; Vigilância ambiental em saúde
  • Language: Português
  • Abstract: A Dengue, que se tornou um grave problema de Saúde Pública, é uma endemia viral com quatro sorotipos conhecidos. Atualmente todos circulam no Brasil. Os vetores do vírus são os mosquitos Aedes aegypti, adaptados ao ambiente urbano. A ocorrência das epidemias de dengue são associadas à presença do Ae. aegypti, ao clima favorável, ao conhecimento e atitude da população, a eficácia e cobertura dos programas governamentais de controle e vigilância do vetor, à má disposição de resíduos sólidos, a estrutura de saneamento, ao grau de urbanização, a densidade do vetor, a mobilidade da população e circulação dos sorotipos do vírus. Os objetivos desta pesquisa foram verificar se o modelo de Vigilância Ambiental em Saúde e Educação Ambiental reduz a frequência de infestação do Ae. aegypti e, consequentemente, o risco de incidência e analisar a distribuição espacial dos criadouros do mosquito do gênero Aedes aegypti na cidade de Araguari, MG. O desenho de estudo adotado foi o ecológico e a teoria dos Complexos Patogênicos. Utilizou-se dados epidemiológicos, entomológicos, climatológicos, espaciais, divididos por setores censitários, e os programas livres Google Earth para geocodificação e Terra View para espacialização dos criadouros, geração de buffers com raio de abrangência de 280 metros, para análise estatística utilizando o estimador de Kernel e geração dos mapas de Densidade dos Criadouros. Para verificar a efetividade do conjunto de ações, realizou-se uma comparação de médias dosíndices de infestação prediais, dos Distritos de Piracaíba e Amanhece, considerando o período antes, durante e depois do conjunto de ações realizadas no Distrito de Amanhece. Utilizou-se o programa estatístico Action versão 4.5, o teste de Kruskal-Wallis, segundo método Kruskal- Wallis rank sum test e o Graph Pad Prism 5.0. Em todo este período de estudo, a temperatura e a umidade relativa se apresentaram em condições ótimas ao Ae. aegypti. A comparação entre o antes, o durante e o depois, não teve resultado estatisticamente significativo, no entanto de qualquer forma pôde ser observado que as ações reduziram a infestação predial a níveis inferiores à 1% no Distrito de Amanhece. A distribuição geográfica dos criadouros aponta que praticamente todos os setores censitários da cidade de Araguari estiveram em situação de risco, em diferentes graus, no período analisado. Concluiu-se com esta pesquisa que o modelo de ações desenvolvido no Distrito de Amanhece pode ser desenvolvido em localidades tais como a cidade de Araguari. A infestação predial foi registrada durante todo o período pesquisado e a presença de criadouros corroborou para a infestação do Aedes aegypti, no decorrer dos anos. O aumento da infestação do Ae. aegypti inicia entre os meses de outubro e novembro, com os maiores índices sendo registrados entre os meses de janeiro a março, reduzindo-se efetivamente, em abril e junho. Os tipos de criadouros predominantes na cidade de Araguari foram os depósitos móveis, aonível do solo para armazenamento doméstico, lixo, sucata e materiais de construção. A participação pró ativa da comunidade e sua sensibilização são imprescindíveis para controle do mosquito e redução do risco de Dengue em Araguari
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.11.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      REZENDE, Kênia; BARROZO, Ligia Vizeu. Avaliação das medidas de educação e Vigilância Ambiental em Saúde com vistas ao controle da infestação predial de Aedes aegypti, e da dispersão de criadouros dos mosquitos vetores do vírus da dengue. 2013.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8135/tde-14032014-104913/ >.
    • APA

      Rezende, K., & Barrozo, L. V. (2013). Avaliação das medidas de educação e Vigilância Ambiental em Saúde com vistas ao controle da infestação predial de Aedes aegypti, e da dispersão de criadouros dos mosquitos vetores do vírus da dengue. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8135/tde-14032014-104913/
    • NLM

      Rezende K, Barrozo LV. Avaliação das medidas de educação e Vigilância Ambiental em Saúde com vistas ao controle da infestação predial de Aedes aegypti, e da dispersão de criadouros dos mosquitos vetores do vírus da dengue [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8135/tde-14032014-104913/
    • Vancouver

      Rezende K, Barrozo LV. Avaliação das medidas de educação e Vigilância Ambiental em Saúde com vistas ao controle da infestação predial de Aedes aegypti, e da dispersão de criadouros dos mosquitos vetores do vírus da dengue [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8135/tde-14032014-104913/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021