Exportar registro bibliográfico

Ação de constituintes de Solidago chilensis Meyen (arnica brasileira) nos mecanismos de cicatrização de feridas em ratos (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: GASTALDO, BRUNNO CARVALHO - FCF
  • Unidade: FCF
  • Sigla do Departamento: FBF
  • Subjects: PLANTAS MEDICINAIS; FARMACOGNOSIA; NEUTRÓFILOS; INFLAMAÇÃO; ARNICA; CICATRIZAÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: Plantas medicinais são usadas por 80% da população mundial. O Brasil, devido a sua grande diversidade de clima, possui uma forte medicina tradicional. Muitas espécies vegetais são usadas pela população como anti-inflamatórias e cicatrizantes. Neste cenário está Solidago chilensis. Sucedânea da Arnica montana, está presente na lista de plantas de interesse da ANVISA (RENISUS), e possui uma investigação científica defasada. Para apoiar o uso popular e resolver as questões sobre o seu mecanismo de ação foram desenvolvidos testes demonstrando a ação cicatrizante desta espécie. Experimentos de ferida aberta e bolsa de ar foram realizados em ratos, para determinar sua participação como um pró ou anti-inflamatório. Estes testes incluem contagem de migração celular e dosagem de citocina, frente ao estimulo de seu extrato e frações. Ensaios in vitro foram realizados para indicar o tipo celular predominante envolvido e a dose toxica (indicada pela fragmentação de ADN e viabilidade celular). Todos os experimentos foram executados com o extrato hidroetanólico a 70%, liofilizado e com as frações clorofórmio, acetato de etila, e aquosa. Paralelamente, uma triagem química por CLAE e CCD foi realizada para determinar, por RMN, alguns marcadores. Foi observado uma redução significativa da área da ferida no dia 5º dia de tratamento com LHEE em gel de carbopol, justamente na passagem da fase de inflamação para a fase de granulação, indicando uma aceleração da fase inflamatória. Também foi observado um aumento da liberação de L-selectina, IL-1, IL-6 no ensaio de bolsa de ar, mas em oposição, percebe-se um efeito oposto quando administrado concomitantemente com um estímulo pró-inflamatório. Diversos compostos devem estar atuando para culminar com essa atividade, entre eles endotoxinas, contaminantes inerentes ao ambiente não estéril, diterpenos tóxicos e flavonóides, como a quercitrina. O supracitado fenômeno indicaum efeito modulador da resposta imune
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.04.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GASTALDO, Brunno Carvalho; BACCHI, Elfriede Marianne. Ação de constituintes de Solidago chilensis Meyen (arnica brasileira) nos mecanismos de cicatrização de feridas em ratos. 2013.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9138/tde-19032014-151613/ >.
    • APA

      Gastaldo, B. C., & Bacchi, E. M. (2013). Ação de constituintes de Solidago chilensis Meyen (arnica brasileira) nos mecanismos de cicatrização de feridas em ratos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9138/tde-19032014-151613/
    • NLM

      Gastaldo BC, Bacchi EM. Ação de constituintes de Solidago chilensis Meyen (arnica brasileira) nos mecanismos de cicatrização de feridas em ratos [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9138/tde-19032014-151613/
    • Vancouver

      Gastaldo BC, Bacchi EM. Ação de constituintes de Solidago chilensis Meyen (arnica brasileira) nos mecanismos de cicatrização de feridas em ratos [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9138/tde-19032014-151613/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020