Exportar registro bibliográfico

Evolução clínica a longo prazo de obesos graves diabéticos e não diabéticos, submetidos a derivação gástrica em Y de Roux/DGYR (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: YAMAGUCHI, CAMILA MICHIKO - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MGT
  • Subjects: OBESIDADE MÓRBIDA (CIRURGIA); CIRURGIA BARIÁTRICA; DIABETES MELLITUS; SEGUIMENTOS
  • Keywords: Bariatric surgery; Cirurgia bariátrica; Derivação gástrica; Diabetes mellitus tipo 2/sangue; Diabetes mellitus type 2/blood; Follow-up; Gastric bypass; Morbid obesity/surgery; Obesidade mórbida/cirurgia; Seguimentos
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: Os mecanismos responsáveis pela evolução do diabetes associado à obesidade entre pacientes bariátricos são alvos de muitos estudos atualmente. As principais linhas de pensamento envolvem alterações no índice de massa corporal (IMC), hormônios gastrointestinais, inflamação sistêmica e a reformatação ou reeducação alimentar. A maioria destes quesitos foi examinada sob a ótica do curto prazo, sendo que informações concernentes a casos com 10 anos de pós-operatório ainda são escassos. Objetivos: Avaliar o desfecho da homeostase glicídica tardio após a DGYR, em pacientes com e sem diabetes prévio, e documentar os parâmetros clínicos e nutricionais que diferenciem estes grupos. Metodologia: Estudo observacional controlado retrospectivo e prospectivo de 100 pacientes submetidos à derivação gástrica em Y de Roux. Estes pacientes foram divididos em dois grupos iniciais, um com diabetes no pré-operatório e outro sem diabetes. Em seguida, os dois foram subdivididos em quatro subgrupos conforme a evolução do diabetes, sendo eles refratário, responsivo, estáveis e não estáveis, respectivamente. Dados demográficos, laboratoriais, nutricionais, prescrições medicamentosas e evolução clínica do diabetes no pós-operatório a longo prazo foram coletados. Resultados: Dos 96 pacientes efetivamente avaliados, a idade situou-se em 50,39 (± 10,98) no grupo refratário, 56,63 (± 8,29) no grupo responsivo, 47,62 (± 10,72) no grupo estável e 48,17 (± 10,45) no grupo não estável.O sexo feminino prevaleceu em todos os grupos. Uma taxa de 66,7% dos pacientes com diabetes alcançaram a remissão da doença após a DGYR, o tempo de diagnóstico de diabetes pré-operatório se relacionou com o grupo refratário, e uma população de novos diabéticos se configurou tardiamente em pacientes sem a doença no período pré-operatório. Conclusão: 1) A derivação gástrica em Y de Roux induziu remissão em 66,7% dos pacientes com diabetes prévio; 2) O tempo de diagnóstico de diabetes tipo 2 esteve associado com ausência da resposta cirúrgica; 3) Pacientes euglicêmicos desenvolveram diabetes após a intervenção na proporção de 17,7%, comprovando que a proteção do procedimento bariátrico contra a instalação do diabetes tipo 2 se atenua com o passar dos anos; 4) Tanto os pacientes com a glicemia anormal quanto os euglicêmicos submetidos à DGYR, necessitam de um seguimento a longo prazo do homeostase glicídica
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.12.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      YAMAGUCHI, Camila Michiko; FAINTUCH, Joel. Evolução clínica a longo prazo de obesos graves diabéticos e não diabéticos, submetidos a derivação gástrica em Y de Roux/DGYR. 2013.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5168/tde-27022014-152112/ >.
    • APA

      Yamaguchi, C. M., & Faintuch, J. (2013). Evolução clínica a longo prazo de obesos graves diabéticos e não diabéticos, submetidos a derivação gástrica em Y de Roux/DGYR. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5168/tde-27022014-152112/
    • NLM

      Yamaguchi CM, Faintuch J. Evolução clínica a longo prazo de obesos graves diabéticos e não diabéticos, submetidos a derivação gástrica em Y de Roux/DGYR [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5168/tde-27022014-152112/
    • Vancouver

      Yamaguchi CM, Faintuch J. Evolução clínica a longo prazo de obesos graves diabéticos e não diabéticos, submetidos a derivação gástrica em Y de Roux/DGYR [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5168/tde-27022014-152112/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021