Exportar registro bibliográfico

Efeito in vivo da dispersão sólida de curcumina em alterações metabólicas e imunológicas durante sepse experimental e efeito in vitro sobre a síntese de NO por macrófagos estimulados por lipopolissacarídeo (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA, LETYCIA SILVANO DA - FCFRP
  • Unidade: FCFRP
  • Sigla do Departamento: S/D
  • Subjects: SEPSE; CITOCINAS; METABOLISMO; IMUNOLOGIA; ANTIOXIDANTES
  • Keywords: antioxidant; CLP; CLP; curcumin solid dispersion; curcumina; cytokines; dispersão sólida; metabolic; metabólico; sepsis
  • Language: Português
  • Abstract: Trabalhos sugerem que a curcumina pode atuar na sepse diminuindo a liberação de mediadores pró-inflamatórios e de radicais livres. Na busca por aumentar sua biodisponibilidade, foi desenvolvido um processo fitotecnológico que gerou uma dispersão sólida de curcumina chamada DS17. O objetivo do nosso trabalho foi verificar a atividade biológica da dispersão sólida de curcumina (DS17) nas alterações imunológicas e metabólicas, utilizando modelo in vivo de sepse induzida em ratos por CLP, bem como avaliar as concentrações de nitrito in vitro em cultura de macrófagos peritoneais de animais sépticos e estimulados por LPS. Para os estudos in vivo ratos Wistar machos (250 a 300g) foram divididos em dois grupos, sepse polimicrobiana pelo modelo de ligadura e perfuração cecal (CLP) e operação fictícia (OF) sem ligadura ou perfuração do ceco. Esses animais foram pré-tratados com DS17 (100mg/kg), via oral, por 7 dias antes da indução da sepse e tratados 2 horas após o estímulo séptico. Um grupo de animais teve a sobrevida avaliada por 48 horas, o outro foi decapitado e teve o sangue coletado para análise de citocinas, proteína Heat shock 70 (HSP70), óxido nítrico (NO), volemia e glicemia e um terceiro grupo foi usado para avaliar a absorção de curcumina, por HPLC. Para os estudos in vitro foi realizada a cultura de macrófagos peritoneais tratados com DS17 e estimulados com LPS por 24 horas. Nossos resultados mostraram que a DS17 exerceu atividade biológica quando diminuiu as concentrações de IL-1? e IL-6 tanto no plasma como no lavado peritoneal 6 e 24 horas após a sepse, mas aumentou as concentrações plasmáticas de IL-6 , 4 horas após a sepse. Adicionalmente melhorou a hiperglicemia de fase aguda e a hipovolemia de fase tardia da sepse. Já as concentrações de IL10 plasmática e HSP 70 sérica diminuíram no período de 24 horas, enquanto o NO plasmático e a glicemia aumentaram nessemesmo período. A análise da absorção da curcumina mostrou que ela está presente no plasma 4 e 6 horas, mas ausente 24 horas após a última administração de DS17. Essas alterações não foram suficientes para modificar significativamente a sobrevida, embora tenhamos observado pontualmente uma aparente melhora biológica de 20% em 24 horas. O tratamento da cultura de macrófagos com DS17 diminuiu a produção de NO que se seguiu à aplicação de LPS mostrando assim sua ação antioxidante in vitro. Nossos resultados sugerem que apesar do efeito oxidante da DS17 em modelo in vivo de sepse experimental, a mesma foi capaz de melhorar os parâmetros metabólicos e alterar a produção de citocinas pró e antiinflamatórias durante a fase aguda e tardia da sepse. Entretanto mais estudos são necessários para esclarecer o proposto efeito antiinflamatório e oxidante da curcumina durante a sepse experimental
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.12.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Letycia Silvano da; ROCHA, Maria Jose Alves da. Efeito in vivo da dispersão sólida de curcumina em alterações metabólicas e imunológicas durante sepse experimental e efeito in vitro sobre a síntese de NO por macrófagos estimulados por lipopolissacarídeo. 2013.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-30012014-142947/ >.
    • APA

      Silva, L. S. da, & Rocha, M. J. A. da. (2013). Efeito in vivo da dispersão sólida de curcumina em alterações metabólicas e imunológicas durante sepse experimental e efeito in vitro sobre a síntese de NO por macrófagos estimulados por lipopolissacarídeo. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-30012014-142947/
    • NLM

      Silva LS da, Rocha MJA da. Efeito in vivo da dispersão sólida de curcumina em alterações metabólicas e imunológicas durante sepse experimental e efeito in vitro sobre a síntese de NO por macrófagos estimulados por lipopolissacarídeo [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-30012014-142947/
    • Vancouver

      Silva LS da, Rocha MJA da. Efeito in vivo da dispersão sólida de curcumina em alterações metabólicas e imunológicas durante sepse experimental e efeito in vitro sobre a síntese de NO por macrófagos estimulados por lipopolissacarídeo [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-30012014-142947/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021