Exportar registro bibliográfico

Evolução tectônica da frente da nappe Andrelândia: Orógeno Brasília Meridional (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: LIMA, RAFAEL BITTENCOURT - IGC
  • Unidade: IGC
  • Sigla do Departamento: GMG
  • Subjects: EVOLUÇÃO TECTÔNICA; OROGÊNESE; NAPPE
  • Language: Português
  • Abstract: A frente da nappe Andrelândia está sotoposta à nappe Liberdade e cavalga as unidades metapsamíticas do Alóctone Serra da Bandeira, correlato ao Grupo Carancas, na região de Santana do Garambéu-MG. A litoestratigrafia da nappe Andrelândia, bem preservada na Serra de Cataguases e adjacências, compreende da base para o topo: rutilo-estaurolita-cianita-granada-muscovita-biotita xisto porfiroblástico (xisto Rio Capivari); granada-biotita-plagioclásio-quartzo xisto homogêneo (xisto Santo Antônio); rutilo-estaurolita-cianita-granada-biotita-muscovita-plagioclásio-quartzo xisto porfiroblástico com níveis granoblásticos, níveis ricos em muscovita e plagioclásio e lentes métricas de quartzitos (biotita xisto Cataguases), que grada para o topo para quartzito micáceo a muscovita-quartzo xisto (xisto Serra da Boa Vista). A foliação metamórfica principal ‘S IND.2’ é desenvolvida essencialmente sob deformação não-coaxial, em fáceis anfibolito e com conspícua lineação mineral (cianita, muscovita, plagioclásio e rutilo) e de estiramento, orientadas preferencialmente para SW (213°/14°). Os indicadores cinemáticos, como sigmoides de quartzo, evidenciam transporte da placa superior para nordeste. A frente da nappe Andrelândia estrutura-se em escama de topo que cavalga sobre megadobramento recumbente e anisopaco, com comprimento de onda (‘lâmbda’) médio de 1000 m por 700 m de amplitude ('alfa'), orientado NW-SE, configurando sinformes nas Serras de Cataguases e Santana, separadas por uma antiforme isoclinal. Falhas de cavalgamento para NE e falha normal dúctil de baixo ângulo para W rompem a sinforma recumbente da Serra de Cataguases. O conjunto ‘D IND.2’ e ‘D IND.3’ é regionalmente deformado por dobramento normal, orientado SW e com dimensões de 1250m de ‘lâmbda’/2 por 250m de 'alfa'. Estas dobras apresentam geometria cilíndrica, que indica o caráter recumbente do dobramento anterior. A megaestrutura define umafigura de interferência do tipo-2. O geotermômetro Zr in Rutilo sugere um padrão metamórfico invertido para a frente da nappe Andrelândia, com temperaturas de cerca de 702°C para o contato superior com a nappe Liberdade e cerca de 615°C para o contato inferior com o Alóctone Serra da Bandeira, quando comparadas em um horizonte de 10Kbar de pressão. O geotermobarômetro GASP indica condições de pico metamórfico pré-Sn em condições alta pressão, em torno de 649+/-48 °C e 10+/-0,9 kbar na parte central da área. Estudos isotópicos permitiram o estabelecimento da idade máxima de sedimentação para o xisto Santo Antônio em 648Ma, com populações criogenianas (690 e 807Ma) juvenis como contribuições mais expressivas, seguida por diversas populações meso a paleoproterozóicas, com destaque para contribuição juvenil de zircões de 1,5 Ga, exóticos ao cráton do São Francisco. O xisto Serra da Boa Vista apresenta maior população de zircões de 625Ma, com características de bacia tipo flysch, com sedimentação sin-orogênica. O magmatismo básico entre 790 Ma e 670 Ma, o metamorfismo de alta pressão dos segmentos subductados há ~645 Ma e a idade da colisão, situam a evolução do prisma acrescionário em 170 Ma, do Criogeniano médio ao Ediacarano inferior. Assim, os metawackes do xisto Santo Antônio devem representar uma bacia de ante-arco, desenvolvida sobre segmentos do prisma acrescionário de longa duração, 60 Ma, a partir do Criogeniano superior. A idade do metamorfismo de alta pressão do prisma acrescionário, registrada em detritos de zircão na bacia de ante-arco, o vulcanismo cálcio-alcalino juvenil e proximal, e a presença de prováveis olistolitos de rochas básicas, indicam, como a assinatura química dos sedimentos, a evolução da bacia de ante-arco durante um período tectonicamente ativo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.04.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LIMA, Rafael Bittencourt; CAMPOS NETO, Mario da Costa. Evolução tectônica da frente da nappe Andrelândia: Orógeno Brasília Meridional. 2013.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44143/tde-12062015-094445/pt-br.php >.
    • APA

      Lima, R. B., & Campos Neto, M. da C. (2013). Evolução tectônica da frente da nappe Andrelândia: Orógeno Brasília Meridional. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44143/tde-12062015-094445/pt-br.php
    • NLM

      Lima RB, Campos Neto M da C. Evolução tectônica da frente da nappe Andrelândia: Orógeno Brasília Meridional [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44143/tde-12062015-094445/pt-br.php
    • Vancouver

      Lima RB, Campos Neto M da C. Evolução tectônica da frente da nappe Andrelândia: Orógeno Brasília Meridional [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44143/tde-12062015-094445/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020