Exportar registro bibliográfico

Prevalência de enteroparasitas na área de abrangência de uma Unidade de Saúde da Família no município de Ribeirão Preto - SP (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: PAGOTTI, RENATA ELIZABETE - EERP
  • Unidade: EERP
  • Sigla do Departamento: ERM
  • Subjects: ENTEROPATIAS PARASITÁRIAS (PREVALÊNCIA); CENTROS DE SAÚDE; SAÚDE DA FAMÍLIA; CRIANÇAS
  • Keywords: Child; Enteroparasitas; Family Health; Intestinal Parasites; Prevalence; Prevalência
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: Na prática dos serviços de saúde, observa-se que as enteroparasitoses ocupam um importante papel no dia a dia das famílias e são mais frequentes em áreas urbanas cujo nível socioeconômico é reduzido. No Brasil, estudos indicam que, em algumas regiões, a prevalência de enteroparasitoses em crianças chega a acometer 61% da população. A área escolhida para o estudo abrange bairros de periferia do município de Ribeirão Preto, sendo estes: Maria Casagrande Lopes, Conjunto Habitacional Alexandre Balbo, Loteamento Jardim Orestes Lopes e Parque dos Pinus, cuja população é atendida pela Unidade Básica de Saúde Maria Casagrande Lopes, Ribeirão Preto-SP. A escolha do tema desta pesquisa teve por justificativa a gravidade das enteroparasitoses na primeira infância, as barreiras socioeconômicas e culturais da população em estudo e os escassos estudos sobre a situação atual das enteroparasitoses na comunidade do município do estudo. Objetivos: determinar a prevalência e possíveis associações desta com os fatores socioeconômicos, demográficos, fatores de risco e as condições de saúde de uma população de 962 crianças de três a 12 anos, na área de abrangência de uma UBS no município de Ribeirão Preto-SP. Materiais e Métodos: trata-se de um estudo epidemiológico, de delineamento transversal, com população amostral de 462 crianças, nas quais se realizou exame de fezes para determinar a razão da prevalência de enteroparasitas. Além disso, aplicou-se um questionário aos responsáveis das crianças, abordando questões que permitissem a realização de associações de prevalência de enteroparasitas com as variáveis: escolaridade da mãe, renda familiar, idade, sexo e tipo de água consumida no domicílio. Para a análise dos dados foi utilizado o programa SPSS 10.0 e Ri3863.0.0, sendo aplicados os testes Qui quadrado e Fisher, com nível designificância de p<0,05. O projeto obteve aprovação do Comitê de Ética da EERP em 16/02/2011 (nº1252/2011). Resultados: os resultados evidenciaram que a prevalência de enteroparasitas foi alta (57,5%), sendo 54,4% no sexo feminino e 60,9% no sexo masculino. Giardia lamblia foi o parasita mais prevalente entre as crianças infectadas (50,8%), seguido de Ascaris lumbricoides (17,8%), Entamoeba histolytica, Hymenolepis nana, Entamoeba coli e Enterobius vermiculares (5,6-7,3%) e outros parasitas com frequências menores. Das amostras positivas, 64,9% apresentaram monoparasitismo, 27,6%, biparasitismo e 7,5%, poliparasitismo. Não houve associação estatisticamente significativa entre a prevalência e os fatores de risco analisados. Apesar disso, constatou-se que 67,2% da amostra populacional da área estudada consumia água diretamente da torneira, e 49,9% dos responsáveis lavavam as frutas e verduras somente com água. Todas as crianças parasitadas foram medicadas, e foi realizada uma atividade educativa com os familiares. Conclusão: apesar de a área de abrangência do estudo apresentar mínimas condições socioeconômicas e demográficas, isto é, maioria das famílias ter renda maior que um salário-mínimo, bairros com 100% de coleta de lixo, 99,7% de cobertura de energia elétrica, presença de apenas uma residência com fossa séptica e a maioria das mães ter escolaridade até o ensino médio, dentre outros; detectou-se elevada prevalência de enteroparasitas nas crianças. Esses achados sugerem a necessidade da implementação de ações com enfoque na promoção de saúde para essa população
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.11.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PAGOTTI, Renata Elizabete; FERREIRA, Beatriz Rossetti. Prevalência de enteroparasitas na área de abrangência de uma Unidade de Saúde da Família no município de Ribeirão Preto - SP. 2013.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-09012014-104435/ >.
    • APA

      Pagotti, R. E., & Ferreira, B. R. (2013). Prevalência de enteroparasitas na área de abrangência de uma Unidade de Saúde da Família no município de Ribeirão Preto - SP. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-09012014-104435/
    • NLM

      Pagotti RE, Ferreira BR. Prevalência de enteroparasitas na área de abrangência de uma Unidade de Saúde da Família no município de Ribeirão Preto - SP [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-09012014-104435/
    • Vancouver

      Pagotti RE, Ferreira BR. Prevalência de enteroparasitas na área de abrangência de uma Unidade de Saúde da Família no município de Ribeirão Preto - SP [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-09012014-104435/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021