Exportar registro bibliográfico

Sobre Pirogalolarenos e Resorcinarenos como Uonóforos Sintéticos (2013)

  • Authors:
  • USP affiliated author: LIMA, SILVÂNIA MARILENE DE - FFCLRP
  • School: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 593
  • Subjects: ELETRODO; NANOFILTRAÇÃO; ELETROQUÍMICA; QUÍMICA INORGÂNICA
  • Language: Português
  • Abstract: A presente tese descreve a investigação inicial de uma série de cavitandos do tipo pirogalolareno e resorcinareno, na qualidade de ionóforos sintéticos em membranas semipermeáveis sólidas. Essas moléculas são oriundas da condensação em meio ácido de polifenóis: pirogalol (‘C IND. 6’’H IND. 6’’O IND. 3’) ou resorcinol (‘C IND. 6’’H IND. 6’’O IND. 3’), com aldeídos funcionalizados (RCHO). Os compostos resultantes são sólidos, em sua maioria insolúveis em água, formados pela ligação de quatro unidades dos precursores. G grupo susbtituinte (R), proveniente do aldeído usado, pode ser alquil ou aril. Obtivemos compostos com grupos ‘CH IND. 3’, ‘C IND. 4’’H IND. 9’, ‘C IND. 3’’H IND. 7’O, ‘C IND. 5’’H IND. 4’N e ‘C IND. 11’’H IND. 23’. Esses cavitandos não são planares e em geral assumem configurações de menor energia mantendo os grupos R, em conformação alternada. Incorporamos várias dessas moléculas em matrizes poliméricas para formar membranas sólidas, de caráter semipermeável, na sua maioria flexíveis, com boas propriedades mecânicas. Essas moléculas dotadas de cavidades, formam canais moleculares quando dispersas aleatoriamente em matrizes sólidas, funcionando como ionóforos sinteticos. Essas membranas podem ser utilizadas em diversos campos, tais como: Processos de nanofiltração de águas salinas e salobras; No estudo eletroquímico de compostos insolúveis em água e dispositivos de geração e armazenamento de eletricidade; Na separação e purificação de gases; Purificação de fluidos biológicos e outros. Verificamos que as membranas são laváveis e reaproveitáveis, o que reduz drasticamente os custos associados a esses processos. Estudamos ainda o mecanismo de permeação das espécies, auxiliados pela espectroscopia de impedancia eletroquímica, que forneceu os parametros de seletividade daqueles ionóforos. Verificamosque as espécies iônicas de menores raios hidratados são favorecidas, além disso as membranas apresentam bons resultados para a retenção de sais, o que as torna excelentes para processos de dessalinização, além de boa capacidade para transportar prótons, viabilizando seu uso em dispositivos de conversão de energia
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.08.2013

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LIMA, Silvânia Marilene de; DEMETS, Grégoire Jean-François. Sobre Pirogalolarenos e Resorcinarenos como Uonóforos Sintéticos. 2013.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2013.
    • APA

      Lima, S. M. de, & Demets, G. J. -F. (2013). Sobre Pirogalolarenos e Resorcinarenos como Uonóforos Sintéticos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Lima SM de, Demets GJ-F. Sobre Pirogalolarenos e Resorcinarenos como Uonóforos Sintéticos. 2013 ;
    • Vancouver

      Lima SM de, Demets GJ-F. Sobre Pirogalolarenos e Resorcinarenos como Uonóforos Sintéticos. 2013 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022