Exportar registro bibliográfico

Avaliação da biodisponibilidade dos radionuclídeos Ra-226, Ra-228 e Pb-210 presentes nos fertilizantes fosfatados e no fosfogesso de procedência nacional (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: RUSSO, ANA CAROLINA - IPEN
  • Unidade: IPEN
  • Subjects: FERTILIZANTES; FOSFATOS; GESSO; RÁDIO; CHUMBO; SOLO AGRÍCOLA; ESPECTROSCOPIA ATÔMICA
  • Language: Português
  • Abstract: O fosfogesso, também denominado gesso agrícola, sub produto das industrias de fertilizantes fosfatados, pode ser utilizado como condicionador do solo devido a sua capacidade de proporcionar melhorias ao sistema solo-planta. No entanto, este resíduo concentra os radionuclídeos das séries do U e Th, presentes na rocha fosfatada usada como matéria prima, que podem impactar o meio ambiente. Com a finalidade de se verificar a concentração dos radionuclídeos biodisponíveis , foram analisadas amostras de fosfogesso e de fertilizantes fosfatados monoamônio fosfato e fertilizante superfosfato triplo, de duas procedências nacionais. A determinação da concentração de 226Ra, 228Ra e 210Pb se iniciou com a análise por espectrometria gama. Em seguida as amostras foram submetidas a um processo de extração branda com solução de EDTA-NH4 (0,05M) para que então o material lixiviado fosse analisado por meio de contagem alfa e beta total em detector proporcional de fluxo gasoso. Foram obtidos valores médios de extração de 1,6% - 1,7% para 210Pb, 0,5% - 1,4% para o 226Ra e 0,1% - 1,0% para o 228Ra nas amostras de fosfogesso. A baixa porcentagem de extração obtida para os radionuclídeos pode ser explicada tendo-se em vista que a solubilidade do fosfogesso variou de 7,7% a 16%. Para os fertilizantes fosfatados do tipo monoamônio fosfato os valores médios de extração foram inferiores a 26% para o 226Ra, inferiores a 10% para o 228Ra e inferiores a 10% para o 210Pb. Apesar da solubilidade da ordemde 77% dos fertilizantes fosfatados do tipo monoamônio fosfato, muito pouco dos radionuclídeos, presentes inicialmente, se concentraram na solução extraida. Para os fertilizantes fosfatados do tipo superfosfato triplo os valores médios de extração foram de 2,3% para o 226Ra, 1,2% para o 228Ra e 11,3% para o 210Pb. Mesmo com a solubilidade de 66% os fertilizantes fosfatados do tipo superfosfato triplo, muito pouco dos radionuclídeos, presentes inicialmente, se concentraram na solução extraida
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 25.02.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RUSSO, ^Ana^Carolina; MAZZILLI, Bárbara Paci. Avaliação da biodisponibilidade dos radionuclídeos Ra-226, Ra-228 e Pb-210 presentes nos fertilizantes fosfatados e no fosfogesso de procedência nacional. 2013.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/85/85131/tde-31052013-082928/ >.
    • APA

      Russo, ^A. ^C., & Mazzilli, B. P. (2013). Avaliação da biodisponibilidade dos radionuclídeos Ra-226, Ra-228 e Pb-210 presentes nos fertilizantes fosfatados e no fosfogesso de procedência nacional. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/85/85131/tde-31052013-082928/
    • NLM

      Russo ^A^C, Mazzilli BP. Avaliação da biodisponibilidade dos radionuclídeos Ra-226, Ra-228 e Pb-210 presentes nos fertilizantes fosfatados e no fosfogesso de procedência nacional [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/85/85131/tde-31052013-082928/
    • Vancouver

      Russo ^A^C, Mazzilli BP. Avaliação da biodisponibilidade dos radionuclídeos Ra-226, Ra-228 e Pb-210 presentes nos fertilizantes fosfatados e no fosfogesso de procedência nacional [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/85/85131/tde-31052013-082928/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021