Exportar registro bibliográfico

Quantificação da Reposição de ferro no cérebro usando ressonância magnética: um estudo em pacientes com doença de Parkinson (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: BARBOSA, JEAM HAROLDO OLIVEIRA - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 591
  • Subjects: RESSONÂNCIA MAGNÉTICA; DOENÇA DE PARKINSON; FERRO
  • Keywords: Relaxometria; Suceptibilidade; Iron.; Magnetic Resonance; Parkinsons Disease; Relaxometry; Suceptibility
  • Language: Português
  • Abstract: A capacidade do ferro, presente no corpo humano, em aceitar e doar elétrons o torna essencial para homeostase celular e várias reações biológicas. Contudo, o excesso deste metal no cérebro pode gerar efeitos deletérios através da produção de espécies reativas de oxigénio que causam o estresse oxidativo. Este estresse aparece como possível causa de doenças neurodegenerativas, caracterizadas por um aumento significativo da concentração de ferro em certas regiões do cérebro. Detectar e quantificar a deposição de ferro in vivo no cérebro torna-se de extrema relevância para entender diversas doenças neurodegenerativas. Neste estudo avaliamos a sensibilidade e a especificidade das principais técnicas de Ressonância Magnética in vivo para estimar o conteúdo de ferro depositado no cérebro. Foram estudados um grupo de 16 sujeitos saudáveis e outro de 14 pacientes com doença de Parkinson. Mapas de relaxometria (R2 e R2*) e susceptibilidade (QSM) foram estimados a partir de imagens adquiridas numa máquina de RM de 3.0T. Embora todos os mapas tenham apresentado correlação linear (‘r POT. 2’ = 0,7) com o acumulo de ferro reportado in vitro nas regiões do núcleo da base, apenas os mapas R2 e QSM apresentaram estatisticamente aumento significativo (pc0,05) para certas regiões do cérebro parkinsoniano (substância negra, núcleo rubro e globo pálido). O mapa QSM apresentou maior sensibilidade e especificidade para diferenciar pacientes com a doença quando comparados a sujeitos saudáveis por meio da análise da curva ROC. Concluímos que os mapas de relaxometria e susceptibilidade magnética podem estimar de forma indireta o conteúdo de ferro no cérebro, apesar de apresentarem dependências diferentes com a concentração deste metal. Observamos também que os valores de susceptibilidade magnética obtidas com imagens de baixa resolução (1,0xl,0x2,0mm) não apresentaram mudanças significativas emrelação aos obtidas com imagens de alta resolução (0,5x0,5x2,0mm). Logo, sugerimos a aquisição de imagens com baixa resolução para o processamento do mapa QSM . A analise de múltiplos valores de tempo de relaxação T2 determinou apenas um valor para cada região do núcleo da base para ambos grupos, este resultado foi aparentemente afetado pela relação sinal ruído
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.07.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BARBOSA, Jeam Haroldo Oliveira; SALMON, Carlos Ernesto Garrido. Quantificação da Reposição de ferro no cérebro usando ressonância magnética: um estudo em pacientes com doença de Parkinson. 2013.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59135/tde-19092013-142157/ >.
    • APA

      Barbosa, J. H. O., & Salmon, C. E. G. (2013). Quantificação da Reposição de ferro no cérebro usando ressonância magnética: um estudo em pacientes com doença de Parkinson. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59135/tde-19092013-142157/
    • NLM

      Barbosa JHO, Salmon CEG. Quantificação da Reposição de ferro no cérebro usando ressonância magnética: um estudo em pacientes com doença de Parkinson [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59135/tde-19092013-142157/
    • Vancouver

      Barbosa JHO, Salmon CEG. Quantificação da Reposição de ferro no cérebro usando ressonância magnética: um estudo em pacientes com doença de Parkinson [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59135/tde-19092013-142157/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021