Exportar registro bibliográfico

Avaliação do perfil farmacocinético do flavonóide avicularina em ratos (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: BUQUI, GABRIELA AMARAL - FCFRP
  • Unidade: FCFRP
  • Sigla do Departamento: S/D
  • Subjects: FLAVONÓIDES; FARMACOCINÉTICA; TOXICOLOGIA
  • Keywords: Avicularin; Avicularina; in situ intestinal perfusion; P-gp; P-gp; perfusão intestinal; pharmacokinetics
  • Language: Português
  • Abstract: A substância 3-O-α-arabinofuranosil-quercetina (avicularina) é um flavonol já relatado em uma grande variedade de espécies vegetais, podendo ser encontrada em diversas frutas e plantas medicinais. Neste trabalho o flavonóide foi isolado da espécie Bidens sulphurea, popularmente conhecida como cosmo-amarelo, picãogrande e áster-do-méxico, com pureza de 93,27%. O flavonóide avicularina apresenta diversas propriedades biológicas descritas na literatura, e estudos científicos que comprovam a eficácia deste composto. No entanto não há estudos que avaliem os mecanismos que envolvem a farmacocinética (ADME) deste flavonóide, bem como sua biodisponibilidade. Sendo assim este trabalho teve como objetivo a determinação dos perfis farmacocinéticos de absorção da avicularina em ratos na presença e ausência de sais biliares e inibidor da glicoproteína-P, pelo ensaio de perfusão intestinal in situ. Neste trabalho também foi realizado a avaliação do perfil farmacocinético de distribuição e eliminação através de administração intravascular do flavonóide avicularina na dose de 1mg/kg em ratos. Para ambos os ensaios um método analítico sensível por CLUE-DAD-EM/EM foi desenvolvido e validado obedecendo às diretrizes do guia para validação de métodos bioanalíticos da ANVISA. Os ensaios de absorção com este flavonóide revelaram que sua taxa de absorção intestinal é baixa, em torno de 30% para as duas doses testadas (1 e 5 mg/kg), sugerindo uma baixa biodisponibilidade para este flavonóide. No entanto na presença do inibidor de glicoproteína-P, verapamil, o percentual absorvido final de avicularina foi de aproximadamente 80%, o que sugere o envolvimento de proteínas de efluxo em sua absorção. Através do estudo de farmacocinética com administração intravascular de avicularina pudemos concluir que o perfil farmacocinético do flavonóide emquestão é bicompartimental, e possui rápida distribuição e eliminação do organismo, sendo o t ½α de 8 minutos e t ½β de 45 minutos, e, portanto baixa afinidade por tecidos, sendo baixa ou numa sua acumulação tecidual
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.08.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BUQUI, Gabriela Amaral; LOPES, Norberto Peporine. Avaliação do perfil farmacocinético do flavonóide avicularina em ratos. 2013.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60134/tde-22102013-145945/ >.
    • APA

      Buqui, G. A., & Lopes, N. P. (2013). Avaliação do perfil farmacocinético do flavonóide avicularina em ratos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60134/tde-22102013-145945/
    • NLM

      Buqui GA, Lopes NP. Avaliação do perfil farmacocinético do flavonóide avicularina em ratos [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60134/tde-22102013-145945/
    • Vancouver

      Buqui GA, Lopes NP. Avaliação do perfil farmacocinético do flavonóide avicularina em ratos [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60134/tde-22102013-145945/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021