Exportar registro bibliográfico

Medidas de tensões residuais por extensometria em componentes usados no setor da mobilidade (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CIONE, FRANCISCO CARLOS - IPEN
  • Unidades: IPEN
  • Subjects: MATERIAIS; FADIGA DOS MATERIAIS; MAQUINARIA; SOFTWARES
  • Language: Português
  • Abstract: Muitas especificações de engenharia, procedimentos de fabricação, inspeção e controle de qualidade já começam a exigir que a análise da tensão residual de determinado componente seja avaliada. Isto está se tornando tão corriqueiro quanto às exigências referentes às propriedades mecânicas. No país existem poucos laboratórios de pesquisa qualificados para execução destes ensaios e também é constatada uma preocupante falta de mão de obra qualificada. A relevância do estudo e pesquisas em tensões residuais, ressalta para o desenvolvimento científico, tecnológico e inovação nos processos de fabricação de componentes para a indústria. Novos ferramentais e instrumentações para a investigação de microestrutura dos materiais, disponíveis em laboratórios de pesquisas tanto em instituições governamentais como em instalações privativas necessitam de pesquisadores habilitados o que está associado à formação de pessoal especializado dedicado a medidas de tensões residuais, ao desenvolvimento de procedimentos experimentais e técnicas de preparação de amostras que envolvam extensometria. A tensão residual, em componentes metálicos e ligas, tem origem em decorrência de processos de fabricação (fundição, tratamento térmico, usinagem, conformação mecânica) pelo qual se obtém a conformação estrutural do componente desejado. Estudar a formação e arranjo dos campos de tensões residuais podem permitir, entre outros ganhos, a elaboração de simulações por modelagem matemática mais refinada. Assimpode-se inferir, com maior detalhamento o comportamento destes componentes somando ganhos na resiliência à fadiga, sobrevida, segurança e redução de custo operacional de equipamentos e máquinas. O uso de extensometria na investigação de tensões residuais em rodas na industria automotiva contribuirá para a formação de uma maior base de dados que permitirá obter softwares de simulação FEM, com melhor índice da relação com modelagem matemática com o componente físico real
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.12.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CIONE, ^Francisco^Carlos; ROSSI, Jesualdo Luiz. Medidas de tensões residuais por extensometria em componentes usados no setor da mobilidade. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/85/85134/tde-06032013-150024/ >.
    • APA

      Cione, ^F. ^C., & Rossi, J. L. (2011). Medidas de tensões residuais por extensometria em componentes usados no setor da mobilidade. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/85/85134/tde-06032013-150024/
    • NLM

      Cione ^F^C, Rossi JL. Medidas de tensões residuais por extensometria em componentes usados no setor da mobilidade [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/85/85134/tde-06032013-150024/
    • Vancouver

      Cione ^F^C, Rossi JL. Medidas de tensões residuais por extensometria em componentes usados no setor da mobilidade [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/85/85134/tde-06032013-150024/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019