Exportar registro bibliográfico

A influência de fósforo, enxofre e estrôncio na mineralogia do clínquer portland (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: PECCHIO, MARCELO - IGC
  • Unidade: IGC
  • Sigla do Departamento: GMG
  • Subjects: FÓSFORO; ENXOFRE; ESTRÔNCIO; MINERALOGIA; CLÍNQUER; CIMENTO PORTLAND
  • Language: Português
  • Abstract: Em função de aspectos de sustentabilidade, a indústria de cimento tem utilizado, cada vez mais, combustíveis e matérias -primas não convencionais, que têm apor tado ao clínquer portland uma maior variabilidade de elementos químicos. O presente estudo tem por objetivo analisar o efeito de elementos menores selecionados (S, P e Sr) sobre a mineralogia do clínquer portland. Esses elementos passaram a fazer parte da composição de clínqueres industriais de modo mais expressivo na última década. O enxofre está relacionado ao uso intensivo de coque de petróleo (75 a 80% da matriz energética da indústria de cimento nacional), o fósforo é resultante das ações de coproces samento de farinha animal, resíduos de curtume entre outros ; enquanto o estrôncio está presente em teores expressivos em carbonatitos e fosforitos que podem ser usados como matéria-prima para a fabricação de cimento. Foram analisadas amostras de clínqueres experimentais , sintetizados em laboratório a partir de matérias -primas puras com teores crescentes e controlados dos elementos químicos dopantes: 0,25; 0,50; 1,00; 1,50 e 2,00% em peso dos seus respectivos óxidos ('SO IND.3', 'P IND.2'O IND.5' e SrO). Todos os materiais (matérias -primas, farinhas e clínqueres) tiveram sua composição química determinada para controle dos processos de dosagem, mistura e queima. Os clínqueres foram observados ao microscópio ótico para a avaliação da mineralogia e texturas formadas e por difratometria deraios X - Método de Rietveld para análise qualitativa e quantitativa das fases e determinação dos parâmetros de cela unitária. A adição de 'P IND.2''O IND.5' prejudica a queimabilidade e potencializa a formação de 'C IND.2'S, nas três formas de fosfato adicionadas (fosfato sintético, apatita e osso). O enxofre na forma de sulfato melhora a queimabilidade da farinha, porém conduz a um incremento do teor de 'C IND.2'S; observou-se uma significativa diminuição do volume da cela unitária do 'C IND.3'S e do 'C IND.2'S. O estudo confirmou o caráter volátil do enxofre no processo de calcinação, sendo que o grau de perda é inversamente proporcional ao teor de adição do elemento. O íon 'Sr IND.2+' , estrôncio, devido a sua similaridade química com o 'Ca IND.2+' é incorporado às fases cristalinas do clínquer nos sí tios estruturais ocupados pelo cálcio, prejudicando a queimabilidade da farinha com aumento da cal livre e favorecendo a formação de 'C IND.2'S em detrimento da alita
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.05.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PECCHIO, Marcelo; ANDRADE, Fábio Ramos Dias de. A influência de fósforo, enxofre e estrôncio na mineralogia do clínquer portland. 2013.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44144/tde-18112013-105543/ >.
    • APA

      Pecchio, M., & Andrade, F. R. D. de. (2013). A influência de fósforo, enxofre e estrôncio na mineralogia do clínquer portland. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44144/tde-18112013-105543/
    • NLM

      Pecchio M, Andrade FRD de. A influência de fósforo, enxofre e estrôncio na mineralogia do clínquer portland [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44144/tde-18112013-105543/
    • Vancouver

      Pecchio M, Andrade FRD de. A influência de fósforo, enxofre e estrôncio na mineralogia do clínquer portland [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44144/tde-18112013-105543/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021