Exportar registro bibliográfico

A influência do gerador de som associado à amplicação convencional para o controle do zumbido: ensaio clínico cego randomizado (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: SANTOS, GISELE MUNHOES DOS - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MOF
  • Subjects: ZUMBIDO; PERDA AUDITIVA; AUXILIARES DE AUDIÇÃO; QUESTIONÁRIOS; ESTIMULAÇÃO AUDITIVA
  • Keywords: Auxiliares de audição; Ensaios controlados aleatórios; Estimulação acústica; Hearing aids; Hearing loss; Perda auditiva; Randomized controlled trials; Tinnitus; Zumbido
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: O zumbido é um sintoma que acomete cerca de 10% da população e pode prejudicar bastante a qualidade de vida, sendo considerado um importante problema de saúde pública mundial. Os modelos fisiopatológicos atuais do zumbido consideram que a compensação da perda auditiva poderia prevenir ou reverter mudanças no córtex auditivo central acerca do zumbido. Próteses auditivas com gerador de som integrado têm sido utilizadas como alternativa para potencializar o tratamento do zumbido nos pacientes com perda auditiva associada. Contudo, não existe evidência científica suficiente para suportar a superioridade do uso combinado de ferramentas em relação à amplificação convencional. Objetivo: verificar se o uso combinado de amplificação e gerador de som é mais eficaz do que somente amplificação na redução do incômodo com o zumbido em pacientes com zumbido e perda auditiva neurossensorial bilateral simétrica de grau leve a moderado. Métodos: 49 pacientes com zumbido e perda auditiva participaram de um ensaio clínico cego randomizado. Um grupo foi adaptado bilateralmente com uso combinado de amplificação e gerador de som e o outro grupo foi adaptado somente com amplificação. O incômodo com o zumbido foi medido pelo THI e escala numérica. As medidas psicoacústicas do zumbido também foram realizadas. As avaliações inicial e final foram realizadas por um avaliador cego.Resultados: Após três meses, no grupo da adaptação combinada, 62,5% dos pacientes apresentaram redução do incômodo com o zumbido e no grupo da adaptação simples, 78%, sem diferença estatisticamente significante entre os grupos. Para o THI, escala numérica e intensidade sonora de zumbido, detectou-se efeito do nível mínimo de mascaramento, em que maiores valores de nível mínimo de mascaramento estão associados a maior incômodo e maior intensidade do zumbido. Conclusão: O uso combinado de amplificação e gerador de som e o uso de amplificação convencional foram igualmente eficazes na redução do incômodo com o zumbido
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.09.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Gisele Munhoes dos; BENTO, Ricardo Ferreira. A influência do gerador de som associado à amplicação convencional para o controle do zumbido: ensaio clínico cego randomizado. 2013.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5143/tde-01112013-141148/ >.
    • APA

      Santos, G. M. dos, & Bento, R. F. (2013). A influência do gerador de som associado à amplicação convencional para o controle do zumbido: ensaio clínico cego randomizado. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5143/tde-01112013-141148/
    • NLM

      Santos GM dos, Bento RF. A influência do gerador de som associado à amplicação convencional para o controle do zumbido: ensaio clínico cego randomizado [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5143/tde-01112013-141148/
    • Vancouver

      Santos GM dos, Bento RF. A influência do gerador de som associado à amplicação convencional para o controle do zumbido: ensaio clínico cego randomizado [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5143/tde-01112013-141148/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021