Exportar registro bibliográfico

A floresta de Araucária em Monte Verde (MG): história sedimentológica, palinológica e isotópica desde o último máximo glacial (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: SIQUEIRA, ELIANE DE - IGC
  • Unidade: IGC
  • Sigla do Departamento: GSA
  • Subjects: SEDIMENTOLOGIA; PALEOPALINOLOGIA; ISÓTOPOS; MATA DE ARAUCÁRIA
  • Keywords: Last Glacial Maximum; Último Maximo Glacial
  • Language: Português
  • Abstract: A regiäo de Monte Verde (Camanducaia, MG) está sìtuada a 1500 m de altitude, na porção sul da serra da Mantiqueira. Alvéolos do relevo serrano, como o entroncamento dos córregos do cadete e da Minhoca com o rio Jaguari, junto à sua área urbana, propìciaram o acúmulo de sucessões métricas de sedimentos argilo-arenosos em condiçöes favoráveis à formação de material turfoso e à preservação de palinomorfos. Nesta área, o presente estudo reconstitui, a partir da integração dos registros palinológico, sedimentológico (granulometria e minerais pesados) e geoquímico/isotópico (C e N) de três testemunhos rasos (até 230 cm), a evoluçäo e os possíveis controles sedimentares e paleoclimáticos do cenário paleoflorístico no Quaternário tardio, com especial atençäo para a Floresta de Araucária. O contexto geral registrado nos testemunhos é de planície de inundação fluvial, com cobertura arbórea próxima, e influência varìável de fluxos de encosta. Na parte montante do vale do cadete, obtiveram-se idades compreendidas entre 38695 - 40522 anos cal A.P., em 220 cm de profundidade, e 2060 - 1880 anos cal A.P., em 5 cm. Na parte inferior da coluna, até cerca de 16000 anos A.P., há indícios de aumento de distalidade para cima. Entre cerca de 16000 e 3500 anos A.P., evidencia-se redução da influência da matéria orgânica de plantas terrestres, emdetrimento de algas, possivelmente em momento de abertura relativa da cobertura florestal. Os últimos 3500 anos seriam de restabelecimento da cobeÍura florestal, possivelmente já nos moldes da existente hoje, com redução gradual do aporte de areia. Mais a jusante do mesmo vale, as idades ficaram compreendidas entre 26764-26023 anos cal A.P., em 210 cm de profundidade, e 2350 - 2150 anos cal A.P., em 10 cm, A parte inferior do intervalo, mais antiga que 20830-20370 anos cal A.P., é dominada por influência de áreas fontes locais, graníticas. Em 20000 anos A.P., fontes distais, metamórficas, passam a atuar, com aumento da influência de algas. Nos últimos 5000 a 6000 anos 4.P., tem-se o readensamento da Floresta de Araucária, com manutenção de brejos, sob condiçöes climáticas frias e úmidas. Os resultados sugerem que as mudanças climáticas nos últimos 40 mil anos em Monte Verde não foram acentuadas a ponto de exercer grande impacto florístico e que houve predomínio de Araucaria e elementos associados a essa floresta durante todo intervalo estudado, sob condições climáticas frias e úmidas.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.11.2012
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SIQUEIRA, Eliane de; GIANNINI, Paulo César Fonseca. A floresta de Araucária em Monte Verde (MG): história sedimentológica, palinológica e isotópica desde o último máximo glacial. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44141/tde-04112013-153158/ >.
    • APA

      Siqueira, E. de, & Giannini, P. C. F. (2012). A floresta de Araucária em Monte Verde (MG): história sedimentológica, palinológica e isotópica desde o último máximo glacial. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44141/tde-04112013-153158/
    • NLM

      Siqueira E de, Giannini PCF. A floresta de Araucária em Monte Verde (MG): história sedimentológica, palinológica e isotópica desde o último máximo glacial [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44141/tde-04112013-153158/
    • Vancouver

      Siqueira E de, Giannini PCF. A floresta de Araucária em Monte Verde (MG): história sedimentológica, palinológica e isotópica desde o último máximo glacial [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44141/tde-04112013-153158/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021