Exportar registro bibliográfico

Análise diferencial da expressão gênica e proteica no corpo lúteo de bovinos submetidos a tratamentos com eCG (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FÁTIMA, LUCIANA ALVES DE - FMVZ
  • Unidades: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VCI
  • Subjects: EXPRESSÃO GÊNICA (ANÁLISE); GONADOTROFINA CORIÔNICA (VETERINÁRIA); ULTRASSONOGRAFIA DOPPLER EM CORES
  • Keywords: Corpo lúteo; Corpus luteum; eCG; eCG; Esteroidogênese; Progesterona; Progesterone; Steroidogenesis
  • Language: Português
  • Abstract: A gonadotrofina coriônica equina (eCG) tem sido utilizada em programas de sincronização para inseminação artificial em tempo fixo e normalmente promove o aumento do volume do corpo lúteo e a da produção de progesterona. Além disso, esta mesma gonadotrofina pode ser utilizada para superovulação. Desse modo, hipóteses relativas aos mecanismos pelos quais gonadotrofinas exógenas alteram as funções celulares nos corpos lúteos resultantes foram formuladas. Para testar tais hipóteses, 18 vacas (Bos indicus) foram divididas em grupos: controle (n=5), estimulado (n=6) e superovulado (n=7) e a ovulação das mesmas foi sincronizada usando um protocolo já estabelecido com dispositivo de progesterona. Os animais estimulados receberam 400 UI de eCG no dia de remoção do dispositivo de progesterona e os animais superovulados 4 dias antes. No dia 7 após injeção de GnRh, os animais foram abatidos para a coleta de CLL e sangue. Análises de peso e volume de CL, concentração de progesterona (P4), bem como da expressão gênica e proteica de fatores angiogênicos e de proteínas esteroidogênicas foram realizadas. Além disso, o transcriptoma foi analisado por microarranjo. Foi observado que o volume do CL foi maior nos animais do grupo estimulado (1177,37 ± 167,07 mm3) e ainda maior nos do superovulado (1495,18 ± 137,01 mm3) quando comparados ao grupo controle (830,33 ± 234,99 mm3; p = 0,03). A concentração média de progesterona por CL nos animais do grupo estimulado foi maior que nos animais do grupocontrole (5,95 ± 0,17 vs 3,69 ± 0,72 ng/ml; p = 0,03) e que nos superovulados (4,11 ± 0.73; p = 0,01). Além disso, os tratamentos com eCG aumentaram a expressão do FGFR2 e também da STAR nos animais estimulados e superovulados (p < 0,05). Quanto aos resultados do microarranjo, no total 242 transcritos foram aumentados e 111 foram diminuídos nos animais estimulados e 111 foram aumentados e 113 diminuídos nos animais superovulados em relação aos animais controle (~1,5 vezes, p 0.05). Entre os genes diferencialmente expressos, muitos estavam envolvidos na síntese de lipídios e na produção de progesterona, tais como: PPARG, HMGCR, STAR, receptores de prolactina e folistatina. Estes achados demonstraram que os tratamentos com eCG modularam a expressão gênica diferencialmente, dependendo do tratamento, e que nossos dados contribuem para entender as vias relacionadas ao aumento do volume do CL e da produção de progesterona observada após os tratamentos. Em um segundo experimento, foi realizado análises da influência do FSH na expressão de VEGF no cultivo de células da granulosa. Neste experimento foi possível observar que o FSH aumentou a expressão gênica e proteica do VEGF, colaborando com a ideia de que as gonadotrofinas têm propriedades angiogênicas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.09.2012
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FÁTIMA, Luciana Alves de; PAPA, Paula de Carvalho; BINELLI, Mario. Análise diferencial da expressão gênica e proteica no corpo lúteo de bovinos submetidos a tratamentos com eCG. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-05082013-174714/ >.
    • APA

      Fátima, L. A. de, Papa, P. de C., & Binelli, M. (2012). Análise diferencial da expressão gênica e proteica no corpo lúteo de bovinos submetidos a tratamentos com eCG. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-05082013-174714/
    • NLM

      Fátima LA de, Papa P de C, Binelli M. Análise diferencial da expressão gênica e proteica no corpo lúteo de bovinos submetidos a tratamentos com eCG [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-05082013-174714/
    • Vancouver

      Fátima LA de, Papa P de C, Binelli M. Análise diferencial da expressão gênica e proteica no corpo lúteo de bovinos submetidos a tratamentos com eCG [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-05082013-174714/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020