Exportar registro bibliográfico

A enfermeira e o cuidado da criança para o desenvolvimento na unidade de terapia intensiva pediátrica (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: BRAGA, DANIELLE APARECIDA PEREIRA - EE
  • Unidade: EE
  • Sigla do Departamento: ENP
  • Subjects: UNIDADES DE TERAPIA INTENSIVA; ENFERMAGEM PEDIÁTRICA; DESENVOLVIMENTO INFANTIL; CUIDADOS DE ENFERMAGEM
  • Keywords: Child Care; Child Development; Cuidado infantil; Intensive Care Units Pediatric; Pediatric Nursing; Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A criança que requer cuidados intensivos deve ser considerada tanto no aspecto biológico como no seu desenvolvimento, os processos que podem agredi-la devem ser minimizados, ou eliminados, e ela deve ser apoiada sempre que enfrente alguma situação potencialmente estressante, para seu atendimento não se tornar iatrogênico, buscando atender suas necessidades e pautar na perspectiva da integralidade, o que significa um cuidado além da prática biomédica. Objetivo: Descrever e analisar o cuidado da enfermeira à criança hospitalizada na Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica (UTIP), com foco no desenvolvimento infantil. Método: Estudo qualitativo, descritivo e exploratório, realizado numa UTIP, de um hospital privado de grande porte, filantrópico, geral, localizado na cidade de São Paulo e aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa. A coleta de dados em oficinas pedagógicas incluiu oito enfermeiras, cada uma participando de dois encontros. Dados submetidos à análise temática de conteúdo, interpretados de acordo com o referencial das necessidades essenciais da infância. Resultados: A categoria Concepções e práticas da enfermeira no cuidado para o desenvolvimento infantil na UTIP descreve as ações das enfermeiras e aspectos relativos à situação da internação que impactam sobre a criança e, portanto, devem ser considerados em suas atividades de cuidado, visando as necessidades da criança para além do motivo da hospitalização. Contudo, as enfermeiras não nominam essas ações como cuidado de enfermagem e sim como comportamentos naturais, e, deste modo, são realizados de acordo com a visão de cada enfermeira, sem sistematização, ou constância.A categoria Facilidades e dificuldades da enfermeira no cuidado para o desenvolvimento infantil na UTIP descreve os aspectos facilitadores nas práticas institucionalizadas como atenção ao conforto físico, à história e hábitos da criança, o brincar, as informações fornecidas na admissão, os laços entres os familiares, aspectos que fortalecem o cuidado e o processo de hospitalização. Inclui também as dificuldades, decorrentes do modelo hegemônico biomédico, que vão de encontro ao cuidado para a promoção do desenvolvimento, e atividades burocráticas existentes no contexto de trabalho que reduzem o tempo da enfermeira voltado ao cuidado da criança e da família. A categoria Perspectivas da enfermeira sobre o cuidado para o desenvolvimento da criança na UTIP descreve a necessidade de uma filosofia, teoria e instrumentos para orientar o cuidado, comuns a toda a equipe multiprofissional, a partir da mudança de compreensão dos profissionais acerca do cuidado integral à criança, que poderia ser alcançada por meio de reflexão sobre o fazer envolvendo a todos, em atividades como workshops e cursos sobre promoção do desenvolvimento e cuidado integral. Conclusões: Embora as enfermeiras se percebam realizando ações favoráveis ao desenvolvimento da criança reconhecem que garantir o desenvolvimento infantil saudável, na situação de hospitalização na UTIP, é algo a ser alcançado, mediante ações sistematizadas e norteadas por objetivos comuns a toda a equipe de saúde e reconhecidas como cuidado profissional. As oficinas pedagógicas contribuíram para a reflexão, troca de experiência e proposição de ações de melhoria do cuidado à saúde da criança, referidas como estratégias formativas que podem favorecer tais mudanças.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.05.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BRAGA, Danielle Aparecida Pereira; VERÍSSIMO, Maria De La Ó Ramallo. A enfermeira e o cuidado da criança para o desenvolvimento na unidade de terapia intensiva pediátrica. 2013.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-20092013-104636/ >.
    • APA

      Braga, D. A. P., & Veríssimo, M. D. L. Ó. R. (2013). A enfermeira e o cuidado da criança para o desenvolvimento na unidade de terapia intensiva pediátrica. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-20092013-104636/
    • NLM

      Braga DAP, Veríssimo MDLÓR. A enfermeira e o cuidado da criança para o desenvolvimento na unidade de terapia intensiva pediátrica [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-20092013-104636/
    • Vancouver

      Braga DAP, Veríssimo MDLÓR. A enfermeira e o cuidado da criança para o desenvolvimento na unidade de terapia intensiva pediátrica [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-20092013-104636/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020