Exportar registro bibliográfico

Auriculoterapia chinesa para redução de estresse e melhoria de qualidade de vida de equipe de enfermagem: ensaio clínico randomizado (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: KUREBAYASHI, LEONICE FUMIKO SATO - EE
  • Unidade: EE
  • Sigla do Departamento: ENC
  • Subjects: ENFERMAGEM; TERAPIAS COMPLEMENTARES; ACUPUNTURA; MEDICINA TRADICIONAL; ESTRESSE; QUALIDADE DE VIDA; PROTOCOLOS CLÍNICOS; MEDICINA TRADICIONAL; EQUIPE DE ENFERMAGEM
  • Keywords: Acupuntura auricular; auricular Acupuncture; Auricular therapy; Auriculoterapia; Complementary Therapies; Medicina Tradicional Chinesa; Nursing Team; Protocol; Protocolo; Quality of Life; Stress; Traditional Chinese Medicine
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A equipe de Enfermagem em hospitais tem sido exposta a ambientes de trabalho estressantes, submetidos, muitas vezes, à condições de trabalho precária. O estresse intenso e persistente pode desencadear doenças, prejudicando a qualidade de vida e produtividade do indivíduom o que gera interesse pela determinação de causas e métodos de redução. Pesquisar terapêuticas de fácil aceitabilidade, acesso e adaptabilidade, pode causar impacto positivo sobre a vida desses profissionais, podendo refletir-se sobre a qualidade de atendimento oferecido. Este ensaio avaliou a eficácia da auticuloterapia quando aplicada com protocolo de pontos, conforme exigências da pesquisa científica, e sem protocolo, à semelhança da prática clínica realizada no Oriente. Objetivos: Descrever os níveis de estresse da equipe de Enfermagem do Hospital Samaritano; Comparar a eficácia da auriculoterapia chinesa realizada com e sem protocolo, descrever os principais diagnósticos de MTC para estresse e a eficácia dos pontos escolhidos. Método:484 profissionais responderam a um questionário de dados sócio-demográficos e à Lista de Sintomas de Stress de Vasconcellos (LSS); 213 pessoas, com médio e alto estresse, foram randomizadas em grupo controle sem atendimento, protocolo e sem protocolo; 175 profissionais finalizaram 12 sessões, duas vezes por semana e foram avaliados no baseline, pós-tratamento e fllow-up (30 dias) pela LSS, Inventário de Sintomas de Stress da Lipp (ISSL), Instrumento de Qualidade de Vida (SF36v2) e Ficha de avaliação de MTC. O protocolo utilizado foi: Rim, Tronco Cerebral, Shenmen, Yang do Fígado 1 e 2. No grupo sem protocolo os aplicadores escolheram cinco pontos conforme a evolução dos sintomas. A coleta foi de novembro de 2011 a julho de 2012; sete acupunturistas experientes e formados na mesma escola participaram do estudo.A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da EEUSP e do Hospital. Resultados: A média de estresse de 484 profissionais foi de 46 pontos (nível médio). O perfil de profissionais apresentou níveis mais elevados de estresse foi: enfermeira (p=0,012), turno da manhã, encarregada (p=0,022) e com doenças auto referidas (p=0,001). Na segunda fase, os dois grupos de intervenção obtiveram diferenças quando comparadas ao grupo controle (p<0,05), com efeito superior (índice d de Cohen) para o grupo sem protocolo (LSS), no pós-tratamento e follow-up. Quanto ao ISSL, houve melhores resultados para o grupo sem protocolo para a fase de resistência/quase exaustão e domínio psicológico da fase de alerta. Quanto ao SF36v2, somente o grupo sem protocolo conseguiu resultados no domínio físico (follow-up) e no domínio mental, ambos os grupos foram positivos(p<0,05). Os principais diagnósticos foram: Estagnação de Qi e Xue nos meridianos tendino-musculares, Calor de Estômago, Estagnação de Qi e Subida de Yang do Fígado, Distúrbio de Shen, Deficiência de Yin do Rim e Deficiência de Qi e Xue do Braço-Pâncreas. Os pontos mais utilizados no grupo sem protocolo foram os mesmos cinco pontos do grupo protocolo somados a Estômago, Baço e pontos de dor. Conclusão: Ambos os grupos de intervenção reduziram o estresse e melhoraram a qualidade de vida dos profissionais, com melhores resultados para o grupo sem protocolo, demonostrando que a auriculoterapia chinesa, quando feita de forma individualizada, consegue ampliar o alcance da técnica.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.07.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KUREBAYASHI, Leonice Fumiko Sato; SILVA, Maria Julia Paes da. Auriculoterapia chinesa para redução de estresse e melhoria de qualidade de vida de equipe de enfermagem: ensaio clínico randomizado. 2013.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7139/tde-20092013-155159/ >.
    • APA

      Kurebayashi, L. F. S., & Silva, M. J. P. da. (2013). Auriculoterapia chinesa para redução de estresse e melhoria de qualidade de vida de equipe de enfermagem: ensaio clínico randomizado. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7139/tde-20092013-155159/
    • NLM

      Kurebayashi LFS, Silva MJP da. Auriculoterapia chinesa para redução de estresse e melhoria de qualidade de vida de equipe de enfermagem: ensaio clínico randomizado [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7139/tde-20092013-155159/
    • Vancouver

      Kurebayashi LFS, Silva MJP da. Auriculoterapia chinesa para redução de estresse e melhoria de qualidade de vida de equipe de enfermagem: ensaio clínico randomizado [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7139/tde-20092013-155159/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021