Exportar registro bibliográfico

Terapia celular sob aquapuntura em modelos murinos para distrofia muscular de Duchenne (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: ESPER, GREYSON VITOR ZANATTA - FMVZ
  • Unidade: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VCI
  • Subjects: ACUPUNTURA (TERAPIA); CÉLULAS-TRONCO (PESQUISA); CÉLULAS-TRONCO (TERAPIA); DISTROFIA MUSCULAR ANIMAL
  • Keywords: acupuncture; acupuntura; células-tronco; distrofina; dystrophin; mdx; mdx; stem cells
  • Language: Português
  • Abstract: O camundongo mdx é um modelo animal muito utilizado para estudar a distrofia muscular degenerativa de Duchenne (DMD) e apesar de o modelo apresentar uma degeneração mais branda, inúmeras pesquisas com este animal são realizadas devido à alta reprodutibilidade de fenótipos, obtenção comercial de várias linhagens e baixo custo de manutenção. A degeneração muscular progressiva ocorre devido a uma mutação genética que culmina na ausência ou diminuição da produção da proteína distrofina. Esta alteração gera uma cascata de eventos que pioram a degeneração muscular. Atualmente, a terapia preconizada é o uso de corticóide, que visa modular a inflamação muscular e possui uma série de efeitos colaterais, por isso uma série de estudos propondo outras formas de tratamento vem sendo desenvolvidos. Um tratamento promissor parece ser a terapia celular com células-tronco mesenquimais, a qual pode interferir no processo degenerativo por imunomodulação celular. Como a acupuntura pode controlar o processo inflamatório de doenças degenerativas, tal qual na doença de Parkinson, acredita-se que o uso consorciado das duas terapias possa diminuir o efeito degenerativo da DMD. Nesta pesquisa foram avaliados 22 camundongos mdx, machos, 4 a 6 semanas de idade. As células-tronco utilizadas para a aplicação foram de polpa dentária humana carregando a proteína verde fluorescente (EGFP) e a quantidade aplicada em cada acuponto foi de 1x104 células. Os acupontos selecionados foram B47 (Hunmen), B49 (Yishe)e B52 (Zhishi). Os animais foram distribuídos aleatoriamente em quatro tratamentos (A) células-tronco em acupontos falsos, (B) solução fisiológica em acupontos verdadeiros, (C) células-tronco em acupontos verdadeiros e (D) controle, sem nenhum tratamento. No total três injeções foram realizados em um período de 56 dias de estudo. As avaliações do tratamento foram feitas através das análises da força de tração dos músculos, da creatinofosfoquinase sérica (CPK), histológica através da estruturação das miofibrilas e morfometria do colágeno e imuno-histoquímica pela expressão da proteína distrofina. Ao décimo dia após a terceira aplicação de células-tronco observa-se uma diferença somente no grupo controle, a qual manifestou um aumento da CPK em relação aos outros tratamentos e sem diferença estatística para força de tração pelos membros torácicos. Na histologia dos músculos tibial cranial e diafragma foram observou-se infiltrados inflamatórios, regeneração tecidual e diminuição do colágeno nos grupos tratados p<0,05. Na imuno-histoquímica verificou-se uma melhora da quantidade de distrofina nos animais tratados principalmente no tratamento células-tronco em acupontos verdadeiros p< 0,05 e, pela análise do rastreamento das células-tronco com EGFP não se pode determinar o seu caminho uma vez que não observamos imunorreatividade nas análises utilizando o anti-GFP. Conclui-se que os tratamentos com terapia celular nos acupontos verdadeiros, acupontos falsos e solução fisiológica nos acupontos podem melhorar a doença degenerativa muscular no mdx pelo aumento da expressão da proteína distrofina
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.12.2012
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ESPER, Greyson Vitor Zanatta; MIGLINO, Maria Angélica; TABOSA, Angela Maria Florencio. Terapia celular sob aquapuntura em modelos murinos para distrofia muscular de Duchenne. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-12062013-114220/ >.
    • APA

      Esper, G. V. Z., Miglino, M. A., & Tabosa, A. M. F. (2012). Terapia celular sob aquapuntura em modelos murinos para distrofia muscular de Duchenne. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-12062013-114220/
    • NLM

      Esper GVZ, Miglino MA, Tabosa AMF. Terapia celular sob aquapuntura em modelos murinos para distrofia muscular de Duchenne [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-12062013-114220/
    • Vancouver

      Esper GVZ, Miglino MA, Tabosa AMF. Terapia celular sob aquapuntura em modelos murinos para distrofia muscular de Duchenne [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-12062013-114220/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020