Exportar registro bibliográfico

Avaliação não invasiva das propriedades estruturais de grandes artérias em pacientes com arterite de Takayasu (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: ROSA NETO, NILTON SALLES - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MCM
  • Subjects: ARTERITE DE TAKAYASU (DIAGNÓSTICO); ARTÉRIAS (FISIOPATOLOGIA); DOENÇAS REUMÁTICAS (COMPLICAÇÕES;TERAPIA); ULTRASSONOGRAFIA DOPPLER; FÁRMACOS ANTIRREUMÁTICOS; DOENÇA CRÔNICA; BIOMARCADORES
  • Keywords: Arterial stiffness; Arterite de Takayasu; Diagnostic techniques, cardiovascular; Pulse wave analysis; Rigidez arterial; Takayasu arteritis; Técnicas de diagnóstico cardiovascular; Ultrasonography, Doppler, pulsed; Ultrassonografia Doppler de pulso; Velocidade de onda de pulso
  • Language: Português
  • Abstract: A Arterite de Takayasu (AT) é uma vasculite granulomatosa de aorta e grandes vasos associada a elevado risco cardiovascular. A velocidade de onda de pulso (VOP) é um método de avaliação indireta de diminuição da distensibilidade arterial, e valores elevados de VOP correlacionam-se com maior morbimortalidade cardiovascular. A avaliação da VOP em pacientes com arterite de Takayasu é complexa devido a muitos fatores de confusão. O objetivo do presente estudo foi avaliar a rigidez arterial, por meio da velocidade de onda de pulso carótido-femoral (VOP-CF) em pacientes do sexo feminino com arterite de Takayasu e controles saudáveis com variáveis clínicas e antropométricas comparáveis, e sua possível associação com os parâmetros da doença. Método: Pacientes com arterite de Takayasu (n = 27) foram avaliados consecutivamente e foram selecionados controles saudáveis com idade, pressão arterial, peso e altura comparáveis (n = 27). Os critérios de exclusão foram menopausa, tabagismo, diabetes, insuficiência renal, hipertensão mal controlada, arritmias cardíacas, obesidade, comorbidades inflamatórias, gravidez e história de procedimentos cirúrgicos que envolvessem a aorta. A atividade da doença foi determinada por parâmetros clínicos e laboratoriais. As medições de VOP-CF foram obtidas pelo Sistema Complior. Resultados: A média de VOP-CF foi maior em pacientes com arterite de Takayasu do que em controles (9,77 ± 3,49 vs. 7,83 ± 1.06 m/s, p = 0,009). Apesar dos rigorosos xv critérios deseleção, os pacientes com arterite de Takayasu ainda apresentavam, em média, pressão arterial sistólica de 8 mmHg maior do que os controles (p > 0,05), e os valores de pressão de pulso significativamente mais elevados. O modelo de regressão linear múltipla mostra que 93,8% da variabilidade da VOP é explicada pelas variáveis idade, pressão arterial média (PAM) e pela própria doença (R2 ajustado = 0,938). A análise logística stepwise usando como variável dependente o valor de corte de VOP estabelecido pela curva ROC (> 8,34 m/s) e, como variáveis independentes, os parâmetros com significância na análise univariada, revelou que arterite de Takayasu (OR: 4,69, IC 95% 1,31 - 16,72; p = 0,017) e PAM (OR: 1,06, IC 95% 1,00 - 1,12, p = 0,048) foram independentemente associados a maior VOP. Uma análise mais aprofundada dos parâmetros de doença revelou que os valores de VOP não foram correlacionados com velocidade de hemossedimentação, proteína C-reativa, dose cumulativa de glicocorticoides e fração de ejeção (p > 0,05). Conclusão: Nesta coorte de pacientes do sexo feminino com arterite de Takayasu, a própria doença e a pressão arterial média foram os determinantes mais fortemente associados com elevada rigidez arterial e não houve correlação dos valores de VOP com parâmetros de atividade da doença
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.07.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ROSA NETO, Nilton Salles; PEREIRA, Rosa Maria Rodrigues. Avaliação não invasiva das propriedades estruturais de grandes artérias em pacientes com arterite de Takayasu. 2013.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5164/tde-16092013-151428/ >.
    • APA

      Rosa Neto, N. S., & Pereira, R. M. R. (2013). Avaliação não invasiva das propriedades estruturais de grandes artérias em pacientes com arterite de Takayasu. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5164/tde-16092013-151428/
    • NLM

      Rosa Neto NS, Pereira RMR. Avaliação não invasiva das propriedades estruturais de grandes artérias em pacientes com arterite de Takayasu [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5164/tde-16092013-151428/
    • Vancouver

      Rosa Neto NS, Pereira RMR. Avaliação não invasiva das propriedades estruturais de grandes artérias em pacientes com arterite de Takayasu [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5164/tde-16092013-151428/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021