Exportar registro bibliográfico

Efeitos do laser de baixa intensidade em pulpotomias de dentes decíduos humanos (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: MARQUES, NÁDIA CAROLINA TEIXEIRA - FOB
  • Unidade: FOB
  • Sigla do Departamento: BAO
  • Subjects: PULPOTOMIA; DENTE DECÍDUO; TERAPIA A LASER; HIDRÓXIDO DE CÁLCIO
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste estudo foi avaliar por meio de análises clínicas, radiográficas e histológicas o efeito do Laser de Baixa Intensidade na resposta pulpar de dentes decíduos humanos após pulpotomia. Vinte molares decíduos inferiores de 16 crianças com idade entre 6 e 9 anos foram criteriosamente selecionados. Os dentes foram randomizadamente divididos nos grupos Formocresol de Buckley diluído a 1/5 (Grupo I - FC), Hidróxido de Cálcio (Grupo II - HC), Laser de Baixa Intensidade + Óxido de Zinco e Eugenol (Grupo III - LBI+OZE) e Laser de Baixa Intensidade + Hidróxido de Cálcio (Grupo IV - LBI+HC), e tratados pela técnica convencional de pulpotomia em uma única sessão. As avaliações clínicas e radiográficas foram realizadas nos períodos de 3 e 6 meses do pós-operatório. Os dentes que se apresentavam em período normal de esfoliação foram extraídos, processados para análise histológica e avaliados por sistema de escores. Os resultados clínicos e radiográficos não mostraram diferença estatisticamente significativa nos grupos estudados (p>0,05). A análise estatística da avaliação histológica revelou diferença estatisticamente significativa para inflamação pulpar entre os Grupos I (FC) e IV (LBI+HC), sendo que o Grupo IV(LBI+HC) apresentou menor grau de inflamação pulpar. Em relação à fibras colágenas, formação de barreira de tecido mineralizado e camada odontoblástica houve diferença entre os Grupos I (FC) e II (HC), e entre os Grupos II (HC) e III (LBI+OZE), sendo que o Grupo II (HC) apresentou fibras colágenas densas, barreira de tecido mineralizado e camada odontoblástica. Os Grupos I (FC) e III (LBI+OZE), e os Grupos I (FC) e IV (LBI+HC), apresentaram diferença estatisticamente significativa para reabsorção interna. O Grupo I (FC) apresentou maior índice de reabsorção interna. Não houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos para vitalidadepulpar, quantidade de vasos, calcificação pulpar e tecido de granulação. Com base nos resultados obtidos foi possível constatar que o Laser de Baixa Intensidade com Hidróxido de Cálcio mostrou efeitos clínicos e radiográficos mais satisfatórios, e melhores resultados histológicos em comparação aos demais grupos estudados. Desta forma, sugere-se que o Laser de Baixa Intensidade com hidróxido de Cálcio pode ser considerado uma técnica alternativa para pulpotomia de dentes decíduos humanos.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.04.2013

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARQUES, Nádia Carolina Teixeira; OLIVEIRA, Thais Marchini de. Efeitos do laser de baixa intensidade em pulpotomias de dentes decíduos humanos. 2013.Universidade de São Paulo, Bauru, 2013.
    • APA

      Marques, N. C. T., & Oliveira, T. M. de. (2013). Efeitos do laser de baixa intensidade em pulpotomias de dentes decíduos humanos. Universidade de São Paulo, Bauru.
    • NLM

      Marques NCT, Oliveira TM de. Efeitos do laser de baixa intensidade em pulpotomias de dentes decíduos humanos. 2013 ;
    • Vancouver

      Marques NCT, Oliveira TM de. Efeitos do laser de baixa intensidade em pulpotomias de dentes decíduos humanos. 2013 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021