Exportar registro bibliográfico

Morfologia do nervo laríngeo recorrente de ratos espontaneamente hipertensos: comparação entre jovens e adultos (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA, GREICE ANNE RODRIGUES DA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RNP
  • Subjects: NERVO LARÍNGEO RECORRENTE; RATOS; HIPERTENSÃO; MORFOLOGIA ANIMAL; MORFOMETRIA
  • Language: Português
  • Abstract: Embora o nervo laríngeo recorrente (NLR) seja motor e sensitivo para a laringe, ele também contém fibras barorreceptoras, que fazem parte da alça aferente do barorreflexo. Resultados prévios do nosso laboratório obtidas em ratos espontaneamente hipertensos (SHR) adultos mostraram alterações morfológicas do nervo depressor aórtico, sabidamente conhecido por apresentar fibras exclusivamente barorreceptoras. Machos e fêmeas, da linhagem SHR, com idades de 5, 8 e 20 semanas (n=6 por grupo), foram pesados, anestesiados para registro de pressão (PA) e frequência cardíaca (FC). Depois de realizada a perfusão os NLR direito e esquerdo foram dissecados em toda a sua extensão e preparados com técnicas histológicas para inclusão em resina epóxi. Secções transversais dos nervos direito e esquerdo, segmentos proximal e distal, foram analisadas em microscopia de luz e através de um sistema de imagem computacional. O peso corporal dos animais mais velhos acompanhou o crescimento, sendo significativamente maior quando comparado aos animais mais jovens. Os machos de 20 semanas apresentaram FC maior comparados às fêmeas da mesma idade. Na análise da PAM observamos diferenças significativas na comparação entre as fêmeas e os machos de 20 semanas, sendo esses valores maiores em relação aos encontrados nos animais mais jovens. Os valores de área e diâmetro mínimo fascicular foram maiores no segmento proximal em ralação ao distal, em ambos os lados, sendo que os animais de 20 semanas de idade apresentaram valores estatisticamente maiores em relação aos mais jovens em ambos os géneros. Quando analisamos os géneros observou-se uma diferença estatística apenas nos animais com 5 semanas, sendo que os machos apresentaram diâmetro fascicular maior em relação as fêmeas da mesma idade, nos segmentos distais bilateralmente. Houve uma diminuição significativa no número e densidade das fibras mielínicas no segmentodistal comparado ao proximal, em ambos os lados, que foi significativo nos animais mais velhos, comparados aos mais jovens. Os histogramas de distribuição das fibras mielínicas mostraram-se com formato bimodal nos machos e fêmeas. Notou-se uma semelhança entre as distribuições dos animais com idades de 5 e 8 semanas e um desvio para a direita nas distribuições dos animais com 20 semanas de idade, em ambos os picos de frequência. É possível observar também que o desvio desses picos foi mais relevante nas fibras de diâmetros maiores. Já nos histogramas de distribuição dos axônios, observou-se um formato unimodal, com desvio para a esquerda. Notamos uma leve tendência de surgimento de um pico em torno de 4,0 ‘mü’m nos animais de 20 semanas de idade, dados que não aparecem nos animais mais jovens. Nossos dados mostram alterações mais evidentes na porção distal do nervo, podendo ser decorrentes da hipertensão
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.05.2013

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Greice Anne Rodrigues da; FAZAN, Valéria Paula Sassoli. Morfologia do nervo laríngeo recorrente de ratos espontaneamente hipertensos: comparação entre jovens e adultos. 2013.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2013.
    • APA

      Silva, G. A. R. da, & Fazan, V. P. S. (2013). Morfologia do nervo laríngeo recorrente de ratos espontaneamente hipertensos: comparação entre jovens e adultos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Silva GAR da, Fazan VPS. Morfologia do nervo laríngeo recorrente de ratos espontaneamente hipertensos: comparação entre jovens e adultos. 2013 ;
    • Vancouver

      Silva GAR da, Fazan VPS. Morfologia do nervo laríngeo recorrente de ratos espontaneamente hipertensos: comparação entre jovens e adultos. 2013 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021